Vitamina D: precisamos dela, mas não em alta quantidade. Veja como e quanto você precisa.

A vitamina D é uma das muitas vitaminas que o corpo precisa para se manter saudável. Estudos demonstraram efeito positivo no sistema imunológico, tratamento de doenças autoimunes e alguns tipos de câncer. A vitamina D em altas dose é eficaz para o tratamento de algumas doenças autoimunes, como a esclerose lateral amiotrófica, mas não há evidência ainda que melhore a inflamação do Lipedema.

Quem deve comprar um oxímetro de pulso para medir os níveis de oxigênio no sangue?

Hoje fala-se e pergunta-se bastante sobre o oxímetro de pulso, um dispositivo médico que é colocado no dedo para medir a quantidade de oxigênio no sangue. O oxigênio é o combustível que o corpo precisa para funcionar. Quando insuficiente no sangue, pode interferir na função do coração e do cérebro. Algumas pessoas com COVID-19 têm oxigênio no sangue perigosamente baixo, mesmo que não sintam falta de ar.

Coronavírus: como saber quais atividades são seguras e quais são arriscadas?

A pandemia do coronavírus não desaparecerá tão cedo. Então, por enquanto, é necessário aprender a conviver com ela. À medida que as cidades e empresas se abrem e a vida continua, pode ser complicado determinar quais atividades e eventos são seguros e o que vale a pena evitar. Conhecer e seguir as diretrizes e medidas de segurança adequadas pode ajudar a determinar o nível de risco associado a uma atividade específica.

Você já ouviu falar em terapia florestal? Conhece os benefícios para a saúde e o bem-estar?

A beleza do ar livre naturalmente incentiva as pessoas a saírem, inalarem ar fresco, ouvirem os pássaros, passearem ou assistirem o vento animar os galhos das árvores vizinhas. Como estamos confinados em ambientes fechados pela pandemia de coronavírus, muitas vezes passando horas na frente de telas inanimadas, o desejo de ficar fora é cada vez mais agudo.

Medicina individual versus Medicina baseada em evidências. Por que devemos falar sobre isso?

O tratamento médico deve ser sempre que possível, individualizado. Isso é uma tendência sem volta e apenas pode ser feito por um médico experiente e que faça uma consulta médica adequada. Devemos sempre pensar no tratamento certo para a pessoa certa, na hora certa. Isso envolve descobrir um efeito individual do tratamento do paciente, a essência da medicina de precisão, e não um efeito esperado de um estudo, por melhor que ele seja.