5 dicas diárias para manter o seu coração saudável

5 dicas diárias para manter o seu coração saudável
5 (100%) 3 votes

 

saude-coracao-cardiovascular-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Cuide do seu coração: o risco de desenvolver doenças cardiovasculares é cerca de 25 a 30% maior para pessoas que são expostas ao fumo passivo.

 

Você já leu bastante no nosso blog e sabe que exercício e dieta balanceada podem manter o seu coração saudável. Mas, dessa vez, listamos 5 dicas valiosas para você fazer todos os dias para ajudar o seu coração a trabalhar com mais eficiência e durar mais tempo. Confira e incorpore esses simples hábitos em seu estilo de vida!

1.Fuja da gordura trans

Precisamos de gorduras (saudáveis) em nossa dieta, incluindo saturadas, poliinsaturadas e insaturadas. Uma gordura que não precisamos é a trans, conhecida por aumentar o risco de desenvolver doenças cardiovasculares ou de ter um derrame ao longo da vida. Isso ocorre porque a ela obstrui as artérias, aumentando os níveis de colesterol ruim (LDL) e diminuindo os níveis de colesterol bom (HDL). Ao cortá-la de sua dieta, você melhora o fluxo sanguíneo em todo o corpo.

“As gorduras trans são produzidas na indústria, frequentemente usadas em produtos de panificação, salgadinhos, margarinas e fast foods fritos para dar sabor e textura. Leia os rótulos de todos os alimentos. A gordura trans aparece na lista de ingredientes como óleos parcialmente hidrogenados. Faça questão de evitá-los! Procure por 0 por cento de gordura trans”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas.

LEIA TAMBÉM: Intestino saudável, coração saudável?

LEIA TAMBÉM: Você sabe qual é a associação entre consumo de gorduras e carboidratos com doença cardiovascular?

LEIA TAMBÉM: Qual a dieta mais segura para a saúde cardiovascular?

2.Use fio dental

A saúde bucal é uma boa indicação da saúde geral, inclusive do coração, porque as pessoas que têm doença periodontal (gengivite) geralmente apresentam os mesmos fatores de risco para doenças cardiovasculares. Estudos mostram que as bactérias na boca envolvidas no desenvolvimento da gengivite podem se mover para a corrente sanguínea e causar uma elevação na proteína C-reativa – um marcador de inflamação nos vasos sanguíneos. Essas alterações podem, por sua vez, aumentar o risco de doença cardiovascular e derrame.

3.Durma bem

O sono é muito importante para manter o coração saudável. Se você não dorme o suficiente, pode ter um risco maior de doença cardiovascular, independentemente da sua idade ou de outros hábitos de saúde. Um estudo que avaliou 3.000 adultos com mais de 45 anos descobriu que aqueles que dormiam menos de seis horas por noite tinham duas vezes mais chances de ter um derrame ou infarto do que as pessoas que dormiam de seis a oito horas por noite!

LEIA TAMBÉM: Caso de doença cardiovascular na família aumenta em 91% os riscos de enfermidades como infarto e AVC

4.Não fique sentado por muito tempo

Permanecer sentado por longos períodos de tempo é ruim para a sua saúde, não importa o quanto você faça de exercícios. Esta é uma má notícia para todos que ficam na cadeira durante todo o dia. Ao analisar os resultados de estudos com mais de 800.000 pessoas, pesquisadores descobriram que, naqueles que se sentaram mais, houve um aumento de 147% nos problemas cardiovasculares e de 90% na morte causada por esses eventos. Além disso, sentar-se por longos períodos de tempo (especialmente ao viajar) aumenta o risco de trombose venosa profunda.

“O ideal é, a cada hora de trabalho, levantar-se e ficar na ponta do pé 20 vezes e tomar um copo de água. Ao ficar na ponta dos pés, a panturrilha contrai e impulsiona o sangue para o coração, e a água irá manter a hidratação”, indica o Dr. Daniel Benitti.

5.Fuja do cigarro

Todo mundo sabe que o cigarro faz mal. Mas, ficar próximo a pessoas que fumam também é muito prejudicial.

Estudos mostram que o risco de desenvolver doenças cardiovasculares é cerca de 25 a 30% maior para pessoas que são expostas ao fumo passivo em casa ou no trabalho. Além disso, os não-fumantes que têm pressão alta ou colesterol alto têm um risco ainda maior de desenvolver doenças cardiovasculares quando expostos ao fumo passivo. Isso ocorre porque os produtos químicos emitidos na fumaça do cigarro promovem o desenvolvimento do acúmulo de placas nas artérias.

Gostou das dicas? Siga-as e mantenha uma vida saudável, com um coração mais forte.

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.