virus-cancer-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

5 vírus que podem causar câncer. Saiba se você está em risco!

5 vírus que podem causar câncer. Saiba se você está em risco!
5 (100%) 2 votes

 

virus-cancer-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Não é qualquer vírus que pode desencadear câncer. São apenas os que afetam certos tipos de células do corpo. (imagem: frrepik)

 

Alguns comportamentos de estilo de vida, como fumar, ingerir álcool, ser sedentário e ter obesidade podem aumentar o risco de câncer, assim como fatores hereditários. Mas, a verdade é que não se sabe o mecanismo correto causador da doença.

Em algumas circunstâncias o câncer pode ser desencadeado por um vírus.

Isso não acontece com a maioria das pessoas. Mas, os vírus podem causar alguns tipos de câncer, principalmente em quem tem comportamentos de alto risco, como:

  • Uso de drogas injetáveis;
  • Relações sexuais com múltiplos parceiros sem preservativo;
  • Não vacinação.

LEIA TAMBÉM: Adulto também deve tomar vacina. Saiba por que e quando

“Não é qualquer vírus que pode desencadear câncer. São apenas os que afetam certos tipos de células do corpo. Mesmo assim, não acontece com todo mundo. Vírus que infectam os pulmões e as vias aéreas, como o da gripe, por exemplo, não ficam no corpo por muito tempo. Mesmo que o vírus entre nas células das vias aéreas e se ligue ao DNA, o sistema imunológico se livrará rapidamente delas. No entanto, as células de outras áreas do corpo, como no fígado, podem ser mais facilmente infectadas, dificultando o tratamento”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas.

Confira abaixo o que acontece:

  1. Um vírus entra em uma célula saudável;
  2. Ele se liga ao DNA da célula e tenta alterar o código genético, instruindo como o corpo é construído e mantido;
  3. Isso faz com que a célula se comporte de maneira anormal;
  4. Algumas células anormais se replicam fora de controle, criando um tumor.

LEIA TAMBÉM: Remédio para pressão alta aumenta o risco de câncer de pele

LEIA TAMBÉM: Tromboflebite: doença pode estar associada a casos de câncer

LEIA TAMBÉM: Um port pode tornar o tratamento de câncer mais fácil?

Vírus  que são associados a câncer

  • Hepatite B e C. Esses vírus se espalham pelo contato com sangue contaminado e pelo sexo com alguém infectado. As pessoas com esses vírus têm hepatite (fígado inflamado). Se a infecção durar muito tempo, pode danificar permanentemente o órgão, o que chamamos de cirrose, podendo levar ao câncer de fígado.
  • Vírus da imunodeficiência humana (HIV). O HIV é transmitido por meio do contato com sangue contaminado e do sexo com uma pessoa infectada. Embora mais conhecido por causar AIDS, ele infecta os glóbulos brancos e enfraquece o sistema imunológico. Isso aumenta o risco de todos os tipos de doenças, incluindo o câncer. O HIV está ligado ao sarcoma de Kaposi, linfoma, câncer de cabeça e pescoço e câncer anal.
  • Vírus do papiloma humano (HPV). Esse vírus pode infectar a pele ou as membranas mucosas, causando, às vezes, verrugas genitais. Você pode pegar o HPV por meio da atividade sexual. A maioria das pessoas sexualmente ativas têm pelo menos uma infecção pelo HPV durante a vida. Geralmente, seu sistema imunológico se livra da infecção, mas em alguns casos o HPV pode causar câncer cervical, além de alguns tipos de câncer de cabeça e pescoço, como o de garganta.
  • Vírus do herpes humano 8 (HHV-8). Ele se espalha principalmente por meio do contato sexual. Embora não cause sintomas na maioria das pessoas, ele pode gerar sarcoma de Kaposi, especialmente em pessoas com sistema imunológico enfraquecido.
  • Vírus Epstein-Barr (EBV). Ele é mais conhecido por causar mononucleose. A maioria das pessoas terá contato com o EBV em algum momento, independentemente de estar ou não doente. O vírus permanecerá no corpo por toda a vida, geralmente sem causar problemas. No entanto, o EBV às vezes pode desencadear um tipo de linfoma: o câncer do sistema linfático.

Como se proteger?

A melhor maneira é se proteger contra o vírus em primeiro lugar. Isso inclui evitar comportamentos de alto risco, como fazer sexo sem proteção, usar drogas ilegais e compartilhar agulhas.

As vacinas para hepatite B e HPV são disponíveis. Elas podem diminuir o risco de infecção e, assim, diminuir o risco de câncer. Embora não haja vacinas para hepatite C e HIV, agora existem medicamentos que podem minimizar a quantidade de vírus no corpo se você for infectado.

Cuide da sua saúde e mantenha-se sempre bem informado!

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.