Aneurisma: a doença que matou Albert Einstein

Aneurisma: a doença que matou Albert Einstein
5 (100%) 2 votes

 

aneurisma-cirurgiao-vascular-dr-daniel-benitti
Para um correto diagnóstico de aneurisma é necessário realizar um exame de imagem, pois eles também permitem determinar a localização e o tamanho do aneurisma.(imagem huufma)

 

Quando falamos a palavra “ANEURISMA”, a primeira coisa que vem à mente das pessoas é aneurisma cerebral (na cabeça), no entanto, o aneurisma mais comum, na realidade, é o da aorta.

Sabemos que essa doença é rodeada de muitas dúvidas, como:

  • O que é aorta?
  • O que é aneurisma?
  • Como saber se eu tenho aneurisma?
  • Por que precisa tratar?

Por isso, o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e em São Paulo, responde as principais perguntas sobre aneurisma.

Primeiro, o que é aorta?

A aorta é a principal artéria do corpo humano e está conectada ao coração, recebendo o sangue diretamente do ventrículo esquerdo e levando-o para o corpo todo. Ela é dividida em quatro partes: aorta ascendente, arco aórtico, aorta torácica descendente e aorta abdominal.

A aorta abdominal é a porção mais distal e apresenta o maior comprimento. Ela fornece sangue para órgãos, como fígado, estômago e rins, além das regiões inferiores do corpo.

LEIA TAMBÉM: Dissecção da aorta

LEIA TAMBÉM: Aneurisma da aorta

O que é aneurisma?

A aorta apresenta paredes que foram feitas para lidar com a pressão arterial e o alto fluxo de sangue em seu interior. No entanto, ao longo do tempo, as paredes podem enfraquecer em certas partes, causando dilatação. Esta condição recebe o nome de aneurisma e ocorre com uma frequência maior na aorta abdominal.

Importante: O aneurisma é 5 vezes mais comum em pessoas do sexo masculino.

LEIA TAMBÉM: Atenção! Vasculite pode causar aneurismas

Como posso saber se tenho um aneurisma?

Muitas vezes, uma pessoa com aneurisma não apresenta sintomas. A maioria dos diagnósticos é feito durante uma consulta médica não relacionada ou em um exame de ultrassom ou tomografia, por exemplo.

Contudo, algumas pessoas podem sentir pulsação no abdômen ou uma dor súbita no abdômen ou na parte inferior das costas. Nestes casos, o aneurisma pode estar prestes a explodir ou já ter explodido.

Para um correto diagnóstico de aneurisma é necessário realizar um exame de imagem, pois eles também permitem determinar a localização e o tamanho do aneurisma.

Importante: As pessoas do sexo masculino com mais de 55 anos ou do sexo feminino com mais de 65 anos que fumam ou apresentam pressão alta devem fazer um check-up vascular para a pesquisa desta doença.

Por que devo tratar?

A correção do aneurisma visa evitar ou tratar a rotura. A chance de sobreviver a um aneurisma que já rompeu é muita baixa, inferior a 20%. Contudo, nas mãos de um cirurgião experiente, as complicações de uma cirurgia de correção são baixas. Por isso, é muito importante corrigir um aneurisma quando ele ainda está intacto.

Devemos lembrar, porém, que nem todos os pacientes têm indicação para realizar um tratamento. Recomenda-se operar quando o aneurisma atinge o tamanho de 6 cm na aorta torácica e 5 cm na aorta abdominal, ou com qualquer tamanho se for sacular. Além disso, pode-se operar quando os tamanhos são menores, mas se a pessoa apresenta sintomas.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

 

Com quem devo tratar ?

Toda cirurgia de aneurisma deve ser realizada por um cirurgião com experiência no tratamento desta patologia, pois somente ele poderá escolher a melhor forma de tratamento e o melhor tipo de material para o procedimento.

O cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti é referência mundial no tratamento de aneurisma da aorta.

Cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas, à Rua José Paulino, 2233 – Vila Itapura, e em São Paulo, à Rua Oscar Freire, 2250 – T9/T10.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.