Aprenda a fazer a Dieta Mediterrânea, aprovada para a saúde cardiovascular

Aprenda a fazer a Dieta Mediterrânea, aprovada para a saúde cardiovascular
5 (100%) 4 votes

 

dieta-do-mediterraneo-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas
A Dieta Mediterrânea se concentra em alimentos à base de plantas, como vegetais, frutas, legumes, peixes, azeite e nozes. (imagem: Freepik)

 

Todo mundo já quis saber se existe uma dieta que pode prevenir doenças cardiovasculares. O cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em São Paulo e em Campinas, explica que a dieta que demonstrou beneficiar a saúde vascular em estudos com embasamento científico é a mediterrânea. “Comprovadamente ela reduziu o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral (derrame), bem como o mau colesterol (LDL)”.

O que é a Dieta Mediterrânea?

Baseada nos hábitos alimentares tradicionais encontrados no sul da Itália e na Grécia no início da década de 1960, ela se concentra em alimentos à base de plantas, como vegetais, frutas, legumes, peixes, azeite e nozes.

LEIA TAMBÉM: Má alimentação está relacionada à metade das mortes por infarto, derrame e diabetes

LEIA TAMBÉM: Pular o café da manhã aumenta o risco de doença cardiovascular

LEIA TAMBÉM: 5 dicas essenciais para comer melhor

LEIA TAMBÉM: Como fugir da desidratação durante o calor?

O que isso significa e quanto devo comer? 

Abaixo separamos alguns conselhos úteis sobre como seguir a dieta do mediterrâneo:

  • Legumes: consuma três porções por dia, sendo que uma porção é igual a 1/2 xícara cozida ou 1 xícara de vegetais crus.
  • Frutas: também três porções por dia, sendo que uma porção equivale de 1/2 a 1 xícara.
  • Azeite: uma colher de sopa por dia, mas não mais do que quatro ( o que for utilizado para cozinhar os alimentos).
  • Legumes: três porções por semana, seja de feijão, ervilhas, alfafa, amendoim, etc..
  • Peixe: três porções por semana. Escolha peixes que contenham níveis elevados de ômega-3, como salmão, atum, arenque, sardinha e anchova.
  • Nozes: três porções por semana, sendo que uma porção equivale a 1/4 de xícara. Dê preferência para nozes cruas, sem sal e torradas, amêndoas ou avelãs.
  • Amidos: três a seis porções por dia, sendo que uma porção é igual a 1/2 xícara cozida, uma fatia de pão ou 30g de cereal seco. Escolha grãos integrais, aveia, cevada, arroz integral e quinoa.
  • Carne branca: três porções de 100g por semana. Escolha aves sem pele, como frango, peru, faisão e avestruz, ao invés de carne vermelha (a qual não se deve ter mais de uma porção por semana e, quando for consumir, opte por cortes magros, como lombo).
  • Leite / Ovos: três porções por semana. Escolha leite desnatado, iogurte ou queijo cottage. Não há limites para claras de ovos.
  • Sobremesas: uma de 100g por semana. Se possível, fruta.
  • Vinho: uma taça por dia. Mas, não comece a beber se você nunca bebeu antes.

“Comer é um dos maiores prazeres da vida. Aproveite, coma o que é bom para você, com moderação e lembre-se: deixe o alimento ser o seu remédio e que os remédios sejam o seu alimento”, finaliza o Dr. Daniel Benitti.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.