Música faz bem para o cérebro?

Não há outro estímulo que envolva tanto o cérebro quanto a música. Ouvir ou criar música desencadeia a liberação de dopamina, uma substância química do cérebro que faz as pessoas se sentirem engajadas e motivadas. Ela conecta, não apenas o sistema auditivo, como muitas outras áreas responsáveis pelo movimento, linguagem, atenção, memória e emoção. Essa ativação global acontece quando você escuta uma música, toca um instrumento ou canta – mesmo informalmente no carro ou no chuveiro.

Temos muitos feriados pela frente! Como viajar sem correr riscos?

Você adiou as férias e cancelou viagens, mas não consegue mais lutar contra este desejo. Você precisa ir para algum lugar - qualquer lugar, mesmo que seja apenas uma ou duas horas de distância de casa. E, mesmo que você não vá a lugar algum agora, você sabe que viajar pode fazer parte do seu futuro próximo. Independentemente de quando e onde, uma coisa é certa: este ano você precisará levar em consideração que ainda estamos vivendo uma pandemia.

A difícil arte de ser médico em tempos de pandemia

Muitas incertezas, cargas horárias de trabalho acima do recomendado, frustrações e decepções contribuem para uma ansiedade e depressão alta entre médicos. Médicos de todas as especialidades que estão trabalhando atendem diversos pacientes com muitos sintomas que podem ser associados ao coronavírus. Isso aumenta o estresse do dia-a-dia devido ao medo de ser infectado por um vírus contagioso e potencialmente mortal.

Ontem foi o dia mundial da prevenção da trombose venosa profunda: saiba mais sobre esta doença

A trombose venosa profunda é um coágulo de sangue que se forma em veias profundas do corpo, em sua maioria nas pernas e no quadril, podendo ocorrer em outras partes do corpo. Os trombos formados nas veias da coxa e da bacia são mais perigosos do que nas veias abaixo do joelho. Eles podem se descolar da parede da veia e seguir pela corrente sanguínea, chegando até os pulmões.

Vivendo o novo normal: como se adaptar à nova realidade imposta pelo coronavírus?

Agora está muito claro que a pandemia está aqui e sabemos que ela não vai embora tão cedo. A vacina ainda vai demorar para estar disponível e quando estiver vai ser difícil vacinar tantas pessoas em um curto intervalo de tempo. Por isso, é hora de criar novos hábitos e rotinas. Ignorar a existência do vírus e tentar voltar a rotina antiga somente vai trazer mais mortes e sofrimento.