tratamento-inflamacao-corpo-pernas-pes-dr-daniel-benitti-lipedema-cirurgiao-vascular

Entenda o que é a inflamação do corpo e confira 7 dicas para combatê-la!

 

tratamento-inflamacao-corpo-pernas-pes-dr-daniel-benitti-lipedema-cirurgiao-vascular
No mundo, três em cada cinco pessoas morrem de uma doença ligada a inflamação crônica. (imagem usnews)

 

A ciência provou que a inflamação crônica de baixo grau pode se transformar em um assassino silencioso que contribui para doenças cardiovasculares, câncer, diabetes tipo 2 e outras condições.

No mundo, três em cada cinco pessoas morrem de uma doença ligada a inflamação crônica!

A inflamação crônica é uma das causas mais insidiosas de doenças na sociedade moderna. Certos fatores de estilo de vida aumentam a inflamação e, como resultado, nossas células perdem a capacidade de funcionar com desempenho máximo. O resultado é a lenta deterioração da saúde, que muitas vezes leva a doenças generalizadas, como as cardiovasculares, demência e câncer.

Entender o processo da inflamação ajuda a compreender as modificações que são necessárias para bloquear a evolução do processo.

A inflamação é um processo biológico necessário que sinaliza ao nosso sistema imunológico para prestar atenção a certos tecidos do corpo. Quando algo não está certo, o sistema imunológico fará o que puder para remover o agressor. Quando a inflamação é cronicamente alta devido a coisas como dieta inadequada, estresse e sono inadequado, o sistema imunológico fica sobrecarregado rapidamente.

“Algo muito importante para entender sobre a inflamação é que ela pode afetar a produção energética das mitocôndrias em nossas células, que são responsáveis pela produção de quase toda a energia que o corpo usa para realizar os processos diários. Quando a inflamação inibe a produção de energia mitocondrial, o seu corpo corre imediatamente um risco maior de desenvolver qualquer doença crônica, como o Lipedema. Sempre tento tratar a inflamação como estratégia fundamental. Uma inflamação crônica que existe há anos não pode ser tratada de forma rápida. Ao abordar a inflamação primeiro, o corpo tem uma capacidade muito melhor de se comunicar e se curar”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em Lipedema que atende em São Paulo, Campinas e a distância.

A inflamação quase sempre é um fator nas doenças crônicas. As principais condições associadas à inflamação crônica são:

“Toda pessoa inflama, sem exceção. A diferença é para onde vai esta inflamação e o que a pessoa faz para aumentá-la ou diminuí-la. As inflamações crônicas de baixo grau muitas vezes demoram mais de 20 anos para deixar os sintomas mais aparentes. Uma cirurgia nunca irá resolver uma inflamação crônica de baixo grau. É necessário uma mudança de estilo de vida. No Lipedema, por exemplo, se retiramos a gordura e a pessoa não faz uma mudança de estilo de vida, a inflamação irá para outro lugar do corpo. O mais comum é ganhar gordura abdominal, que é fator de risco isolado para infarto.”, alerta o Dr. Daniel Benitti.

Agora que sabemos que a inflamação é o principal contribuinte ou um fator importante para a maioria das doenças crônicas, abaixo estão 7 estratégias eficazes para combater os efeitos insidiosos.

Usar essas estratégias pode ajudar o seu corpo a se equilibrar e começar a se sentir melhor!

  1. Dieta Anti-inflamatória

dieta-do-mediterraneo-beneficios-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A dieta do mediterrâneo é uma boa dica para quem quer mudar os hábitos alimentares com base em evidência científica.

Uma das fontes mais importantes de inflamação em nossa sociedade é a dieta alimentar. Afinal, você é o que você come!

Muitas pessoas acreditam que estão se alimentando de maneira saudável, quando na verdade estão incluindo na dieta açúcar, carboidratos e produtos ultraprocessados. Esses alimentos aumentam o estado inflamatório e, quando associados a alimentos de difícil digestão, como a lactose e caseína, tem a inflamação multiplicada.

Inflamar cronicamente o trato digestivo é um dos fatores mais comuns nas mulheres com Lipedema. Como a inflamação intestinal leva ao intestino irritável e quebra da barreira intestinal, partículas irreconhecíveis e não digeridas de alimentos deslizam para a corrente sanguínea e confundem o sistema imunológico, causando o aumento da inflamação.

A dieta do mediterrâneo é uma boa dica para quem quer mudar os hábitos alimentares com base em evidência científica.

LEIA TAMBÉM: 7 receitas para você aproveitar a dieta do mediterrâneo

  1. Hidratação

agua-beneficios-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Quanto mais hidratada você estiver, menos inflamação estará presente em seu corpo.

A exposição a toxinas é um grande fator na inflamação crônica. Diariamente estamos expostos a uma lista de toxinas sem nem mesmo sabermos disso. A hidratação é uma das principais estratégias para garantir que o corpo seja capaz de se desintoxicar com eficácia.

Hidratar ajuda o funcionamento dos intestinos, mantém as toxinas mais diluídas e fluídas circulando pelo fígado e rins e ajuda a eliminá-las através do suor. O aumento do fluidez permite um funcionamento melhor do sistema linfático para retirar as toxinas das pernas e intestino. Além disso, as células requerem hidratação adequada para realizar as funções de forma adequada. Em geral, quanto mais hidratada você estiver, menos inflamação estará presente em seu corpo.

Somente preste atenção para saber se a água que você está ingerindo não é rica em sódio!

LEIA TAMBÉM: Devo comprar água alcalina?

  1. Atividade física

atividade-física-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A atividade física é a melhor forma de combater a inflamação no corpo.

A atividade física é a melhor forma de combater a inflamação no corpo.

O exercício diário é ótimo para bombear o fluido linfático e estimular a circulação. O fornecimento de sangue oxigenado aos tecidos é uma estratégia importante para reduzir a inflamação, pois ajuda a eliminar os resíduos metabólicos e fornecer nutrientes aos tecidos inflamados.

Faça com que seja uma prioridade em sua vida diária certificar-se de que está movendo o corpo o máximo possível. Faça caminhadas, alongue-se e pratique exercícios adequados. Sua saúde física e mental irão agradecer.

LEIA TAMBÉM: Atividade física protege o coração e diminui o risco de depressão

  1. Controle o seu peso

perda-de-peso-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

Uma dieta rica em fibras e a prática de atividade física ajudam a reduzir a gordura abdominal. A gordura abdominal ou visceral é um fator de risco isolado para doenças cardiovasculares, pois produz muitas substâncias pró-inflamatórias. O aumento da gordura visceral também aumenta a resistência à insulina, que é um hormônio pró-inflamatório importante. 

As únicas pessoas que têm uma proteção natural contra a gordura visceral são as mulheres com Lipedema. Mas, quando a gordura periférica está saturada de inflamação, elas começam a ganhar gordura visceral.

LEIA TAMBÉM: Por que é mais difícil para as mulheres perderem peso? Saiba o que fazer!

  1. Durma bem

dormir-bem-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Uma das melhores maneiras de neutralizar os estressores da vida diária é dormir o melhor possível.

O sono inadequado não só rouba a energia e a produtividade, como também aumenta a inflamação – que é especialmente perigosa para a saúde do coração.

Nada é tão nocivo para o metabolismo quanto uma noite mal dormida. O metabolismo cai em média 20% e o hormônio do estresse (cortisol) tem seus níveis aumentados.

Uma das melhores maneiras de neutralizar os estressores da vida diária é dormir o melhor possível. Durante o sono, o cérebro elimina resíduos metabólicos e o corpo é colocado em um estado de cura profunda.

Otimizar o sono tem muito a ver com a regulação do ritmo circadiano. O seu corpo foi projetado para estar acordado quando o sol nasce e para dormir quando o sol se põe. Com tantas fontes de luz artificial, o corpo não recebe mais os sinais certos para dormir. Então, priorize o seu sono.

  • Evite luz artificial, principalmente do celular, dentro de 1-2 horas antes de deitar;
  • Esteja na cama antes das 22h. Cada hora de sono antes da meia-noite é igual a 3 horas depois da meia-noite;
  • Escureça o seu quarto;
  • Limite a cafeína 6 horas antes do horário de dormir;
  • Forme uma rotina pré-sono;
  • Pratique a gratidão para relaxar a mente.

LEIA TAMBÉM: O uso do celular pode estar acabando com o seu sono

  1. Reduza o estresse

estresse-sinais-corpo-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Dedique 30 minutos do seu dia para você e fuja do estresse.

O estresse crônico causa aumentos desenfreados de biomarcadores inflamatórios chamados citocinas e cortisol. Se não fizermos nada para controlar o estresse, a atividade desses hormônios e marcadores inflamatórios podem ser altamente prejudicial ao longo do tempo.

Marcadores de citocinas pró-inflamatórias cronicamente elevados são especialmente ruins para o sistema imunológico, abrindo as portas para infecções oportunistas e aumentando as chances de contrairmos uma doença. Nas mulheres, a primeira infecção que aparece é na urina.

Dedique 30 minutos do seu dia para você. Faça uma atividade, leia um livro, medite e faça a escovação a seco a noite.

LEIA TAMBÉM: 7 sintomas que o estresse causa no seu corpo

  1. Pare de fumar

O tabagismo é a maior causa evitável de doença e morte prematura, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde). As doenças relacionadas ao fumo matam um em cada dez adultos em todo o mundo, ou seja, 4 milhões de mortes anualmente; em 2030, se as tendências atuais continuarem, fumar matará uma em cada seis pessoas.

Fumar é o principal fator nas doenças cardíacas, derrames e doenças pulmonares crônicas. A relação entre tabagismo e doenças cardiovasculares é bem documentada, assim como a associação do tabagismo com níveis aumentados de marcadores inflamatórios e aterosclerose acelerada. Também é bem conhecido que, quando os fumantes param de fumar, o risco de mortalidade e eventos cardíacos futuros diminui.

  1. Suplementos (bônus para você que leu até aqui)

suplementos-inflamacao-pernas-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Os suplementos podem ajudar a acelerar o processo de cura para aqueles que estão lutando com um problema de saúde.

Além das estratégias listadas até agora, existem certos suplementos que demonstraram ser moduladores poderosos da inflamação e redução do estresse. Os suplementos não são fundamentais, embora eles certamente possam ajudar a acelerar o processo de cura para aqueles que estão lutando com um problema de saúde.

A inflamação e a dor crônicas podem ser um desafio emocional a ser superado e, às vezes, essas pessoas precisam de toda a ajuda possível para superá-las e voltar a ter qualidade de vida.

Mas, antes  de tomar qualquer suplemento é importante procurar um médico com boa formação para não cair em falsas armadilhas e tratamentos caros. A maioria das pessoas não precisa de hormônios!

Nenhum suplemento irá substituir ou tornar desnecessárias as outras mudanças de estilo de vida. Tudo irá se somar a ajudar a combater a inflamação.

A inflamação contribui para quase todas as doenças crônicas. Em algumas doenças, pode ser considerado um dos contribuintes principais. Seguir as estratégias descritas aumentará drasticamente a capacidade inata do seu corpo de se curar.

LEIA TAMBÉM: Dicas alimentares que ajudam a combater a inflamação e o Lipedema

LEIA TAMBÉM: Qual o melhor tratamento para Lipedema?

LEIA TAMBÉM: Qual a melhor lipoaspiração para a paciente com Lipedema?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.