Como proteger o coração do envelhecimento precoce

Como proteger o coração do envelhecimento precoce
5 (100%) 2 votes

 

como-proteger-o-coracao-do-envelhecimento-precoce-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular
Quanto mais o coração envelhece, maior o risco de infarto e derrame – principais causas de morte no mundo.

 

A maioria das pessoas acredita que a idade do coração é a mesma que a cronológica. No entanto, metade dos homens adultos e 20% das mulheres adultas têm um coração cinco anos mais velho.

Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e em São Paulo, quanto mais o coração envelhece, maior o risco de infarto e derrame – principais causas de morte no mundo. “Embora a genética seja importante, são os fatores de risco que envelhecem o coração prematuramente. E os corações envelhecidos têm coronárias com mais aterosclerose, anormalidades na condução e válvulas com disfunção”, ressalta.

Quanto mais fatores de risco e quanto mais severos eles forem, mais o coração envelhece.

O Dr. Daniel Benitti lista abaixo os principais fatores de risco:

  • Idade cronológica: as incidências de doenças cardíacas aumentam após os 55 anos;
  • Sexo: pacientes homens apresentam doenças do coração cerca de 10 anos antes das mulheres;
  • História familiar: pessoas com pai ou irmãos com diagnóstico de doença cardiovascular com idade inferior a 55 anos, ou mãe com idade inferior a 65 anos, apresentam um risco maior de doenças cardíacas;
  • Pressão Alta: quando acima de 130×90 prejudica muito o coração;
  • Colesterol: altos níveis envelhecem o coração;
  • Tabagismo: o cigarro envelhece este órgão, mesmo quem alega fumar pouco ou fumantes passivos;
  • Obesidade: sobrecarrega o coração que tem de fazer um esforço maior para bombear o sangue para todo o corpo;
  • Diabetes: importante fator de risco para doenças cardiovasculares;
  • Sedentarismo: pessoas que não praticam atividade física envelhecem precocemente.

“Como podemos perceber, alguns fatores de risco podem ser controlados pela própria pessoa. Por isso, ninguém é tão velho que não possa melhorar”, alerta.

LEIA TAMBÉM: 5 mitos e 5 verdades sobre frequência cardíaca e pressão arterial

LEIA TAMBÉM: Os perigos da pressão alta

LEIA TAMBÉM: 50% dos pacientes com doença arterial obstrutiva periférica são assintomáticos 

LEIA TAMBÉM: Tratamento endovascular da dissecção aguda da aorta é promissor

LEIA TAMBÉM: Sistema circulatório: riscos e cuidados após os 60 anos

Para que o coração fique mais jovem, o Dr. Daniel Benitti separou algumas possíveis medidas abaixo:

  • Cuidar de doenças crônicas, como pressão alta e diabetes;
  • Praticar atividade física;
  • Manter-se no peso ideal;
  • Não fumar;
  • Fazer check-up vascular periódico.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Procure sempre um médico de confiança e gabaritado para cuidar do seu bem mais precioso: a sua saúde.

Desejamos a todos um ótimo carnaval!

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.