Você sabia que existe uma dieta da mente e que ela previne Alzheimer e Parkinson?

Você sabia que existe uma dieta da mente e que ela previne Alzheimer e Parkinson?
5 (100%) 5 votes

 

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A Dieta da Mente se concentra em alimentos com os benefícios cerebrais mais diretos e evita itens que promovem o envelhecimento precoce.

 

A vida é uma longa estrada e a comida é o combustível que nos permite completar a nossa jornada.

Comer bem pode não apenas levá-la mais adiante nessa longa estrada de mão única, mas pode ajudá-la a chegar melhor na reta final, lembrando melhor dos acontecimentos da vida.

Dieta da Mente 

A Dieta da Mente é uma combinação de elementos das dietas do Mediterrâneo e DASH. Segundo estudos, ela pode reduzir o risco de desenvolver a doença de Alzheimer e Parkinson.

LEIA TAMBÉM: 7 receitas para você aproveitar a dieta do mediterrâneo

A Dieta da Mente se concentra em alimentos com os benefícios cerebrais mais diretos e evita itens que promovem o envelhecimento precoce; recomenda-se 10 alimentos que estimulam o cérebro e cinco que devem ser limitados, pois envelhecem o cérebro.

“A Dieta da Mente foi desenvolvida ao longo de uma década. Ao rastrear quase 1.000 pessoas em vários anos, pesquisadores descobriram que uma dieta que inclui porções saudáveis de frutas vermelhas, verduras e peixes reduz o risco de Alzheimer em até 53% para aqueles que a seguem estritamente. Mesmo aqueles que seguem a dieta apenas parte do tempo podem reduzir o risco de Alzheimer em mais de um terço. E, além disso, a Dieta da Mente fornece os benefícios cardiovasculares, reduzindo a pressão arterial e as chances de ataque cardíaco ou derrame, que popularizaram as dietas mediterrânea e DASH (Abordagens Dietéticas para Parar a Hipertensão). Ressaltando que ela também melhora o Lipedema”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em Lipedema que atende em São Paulo, Campinas e a distância.

LEIA TAMBÉM: Dicas alimentares que ajudam a combater a inflamação e o Lipedema

O que comer e o que evitar na Dieta da Mente

Os criadores da Dieta da Mente sugerem 10 alimentos saudáveis para o cérebro e cinco para reduzir.

Coma:

  1. Vegetais de folhas verdes
  2. Outros vegetais
  3. Nozes
  4. Frutas
  5. Feijões
  6. Grãos integrais
  7. Peixes
  8. Aves
  9. Azeite
  10. Vinho

Tente limitar:

  1. Carnes vermelhas
  2. Manteiga e margarina em barra
  3. Queijo
  4. Massas e Doces
  5. Frituras e fast food

Os alimentos mais importantes para o cérebro:

Peixes

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-peixe-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Comer peixes faz muito bem ao funcionamento do cérebro.

Os peixes contêm ácidos graxos ômega-3, que ajudam o cérebro a funcionar bem. “Os peixes comem fitoplâncton que são ricos em nutrientes que reduzem a inflamação em todo o cérebro e corpo. Você é o que você come, e você é o que ‘o que você come’ come”,  indica o Dr. Daniel Benitti.

Aves

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-frango-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
As aves são uma fonte de proteína nutritiva.

A colina presente na gema do ovo, uma vitamina B, contribui para o funcionamento saudável do cérebro.

Aves são uma fonte de proteína nutritiva, embora exista a dúvida de que a carne de animais alimentados com uma dieta industrial não seja a fonte mais nutritiva. 

Coma a proteína da mais alta qualidade que puder, procure aves orgânicas ou “caipira”. Aves com grande peso normalmente não são as mais saudáveis para a sua dieta.

Limite esses destruidores de cérebros:

1. Carnes vermelhas (bovina e suína)

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-carne-vermelha-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A carne vermelha aumenta a inflamação, o que pode afetar a memória à medida que envelhecemos.

Estudos mostraram que a carne vermelha aumenta a inflamação, o que pode afetar a memória à medida que envelhecemos.

Um metabólito intestinal chamado trimetilamina (TMA) se forma quando os micróbios do intestino se alimentam de colina, um nutriente encontrado na carne vermelha, peixe, aves e ovos. No fígado, a TMA é convertida em N-óxido de trimetilamina (TMAO), uma substância fortemente relacionada com a aterosclerose, que é a principal causa de morte no mundo!

Pessoas com os níveis altos de TMAO são 62% mais propensas a ter problemas cardiovasculares graves do que aquelas com os níveis mais baixos. Altos níveis de TMAO também estão ligados a taxas de mortalidade mais altas. “No entanto, algumas pessoas vegetarianas também apresentam TMAO altas e pessoas que comem muita carne não têm TMAO alto. Isso sugere que o vilão pode ser as bactérias no intestino e não apenas a alimentação. É sempre importante individualizar”, complementa o Dr. Daniel Benitti.

2. Manteiga e margarina

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-manteiga-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Evite margarina e produtos feitos com óleos de soja, milho ou semente de algodão.

De vez em quando, pequenas quantidades de manteiga de alta qualidade são aceitáveis. Mas, evite margarina e produtos feitos com óleos de soja, milho ou semente de algodão, todos muito ricos em ácidos graxos ômega-6 pró-inflamatórios.

Os ácidos graxos ômega-6 aumentam a inflamação em nosso cérebro e corpo.

3. Queijo

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-queijos-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Procure comer queijo de qualidade e com moderação.

Limite o queijo a pequenas quantidades de produtos de alta qualidade, como animais alimentados com capim.

4. Massas e doces

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-doces-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Os doces não são nutritivos, tente não consumi-los.

Se é o seu aniversário, claro. Mas, esses itens divertem, eles não nutrem. Cozinhar em casa com farinha integral, chocolate amargo, frutas e aveia é uma atividade que vale a pena. A maioria das guloseimas compradas em lojas são feitas de carboidratos despojados e óleos ultraprocessados que aumentam o açúcar no sangue, aumentam a insulina e o risco de demência. 

LEIA TAMBÉM: Corte o acúcar em 10 dias!

LEIA TAMBÉM: 5 receitas para matar a vontade de comer doce sem sair da dieta!

5. Frituras e fast food

dieta-da-mente-azheimer-parkinson-fast-food-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Fast food faz mal e deve ser evitado.

Esses produtos são feitos de carboidratos processados e óleos pró-inflamatórios. Você sabe que faz mal, não insista.

Importante

Escolha bem o que você come. O estilo de vida baseado em atividade física, manejo do estresse, boa qualidade do sono e alimentação adequada é fundamental para uma vida saudável e longeva. Nenhuma medicação ou tratamento médico pode te oferecer isso.

LEIA TAMBÉM: Por que ler o rótulo é fundamental para se alimentar bem?

LEIA TAMBÉM: Água com limão: 7 motivos para você começar a tomar

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.