Dificuldade para dormir? Tente estas dicas antes de usar remédios tarja preta

 

dificuldades-para-dormir-dicas-para-melhorar-o-sono-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Hoje existem terapias complementares comprovadamente eficazes no tratamento dos distúrbios do sono, de forma não invasiva e segura.

 

Uma queixa muito comum nos consultórios médicos é a dificuldade para dormir e/ou a perda da qualidade do sono. Para melhorar isso, muitas pessoas almejam tomar medicações tarja preta, que, por sua vez, podem causar efeitos colaterais e dependência. Contudo, em muitos casos, apenas algumas medidas simples podem resolver o problema do sono.

O Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas, orienta: “Hoje temos terapias complementares comprovadamente eficazes por estudos científicos no auxílio em diversos tratamentos, inclusive nos distúrbios do sono, de forma não invasiva e segura”.

Existem quatro pilares para os distúrbios do sono: terapia mente-corpo, terapia do corpo, terapia biológica e terapia do comportamento cognitivo. Confira abaixo algumas explicações sucintas para cada um:

Terapia mente-corpo 

A mente é um fator decisivo para a melhora da qualidade do sono e, por isso, ela deve ser a primeira a ser trabalhada. Exemplos dessa terapia incluem meditação, hipnose, tai chi e yoga. Essas práticas podem acalmar os pensamentos e ajudar no relaxamento, sendo úteis para qualquer pessoa, especialmente em tempos de muita informação e estresse.

LEIA TAMBÉM: Você está trabalhando muito? Saiba que isso pode causar arritmia

LEIA TAMBÉM: Estresse e preocupações excessivas? Você pode estar com transtorno de ansiedade generalizada

Terapia do corpo

Consiste em relaxar o corpo para poder dormir. Exemplos desse tipo de terapia englobam a massagem e a acupuntura. A primeira beneficia de bebês a adultos e a segunda auxilia, principalmente, pessoas com dor. Outros modelos de técnicas incluem reiki, toque de cura e toque terapêutico.

LEIA TAMBÉM: Aromaterapia para acalmar a mente e aliviar a dor

Terapia Biológica

São suplementos que equilibram a química e o ritmo do corpo naturalmente, tornando mais fácil adormecer. Os principais são:

  • Magnésio;
  • Melatonina;
  • Camomila;
  • L – Teanina.

Terapia comportamento cognitivo

Consiste em um conjunto de estratégias que podem ajudar a adormecer mais rápido e melhorar a qualidade do sono, além de aumentar o tempo que a pessoa permanece dormindo. Essa terapia começa a surtir efeito em um curto prazo de tempo. Para isso:

  • Limite o tempo que você fica na cama sem dormir: se após 15 a 20 minutos ainda não estiver dormindo, deixe o quarto e retorne quando o sono voltar. Você deve associar o quarto e a cama apenas com o sono. Nada de televisão, computador e celular ou tablets, muito menos discussão entre casal. Guarde para o dia seguinte.
  • Crie um horário do sono e se prenda a ele: acorde no mesmo horário todos os dias, independentemente da sua experiência noturna. Isso ajudará o corpo a regular o ciclo de sono-vigília interno de 24 horas, também conhecido como relógio biológico ou ritmo circadiano.
  • Tenha hábitos saudáveis: pratique exercícios, porém não próximos à hora de dormir. Desenvolva uma rotina de relaxamento antes de ir para a cama, evite cafeína e álcool, e não coma meia hora antes de dormir.
  • Estude o sono: é muito mais fácil mudar os hábitos quando se sabe como e por que você dorme e quais comportamentos e influências externas afetam o seu sono.
  • Relaxe a mente: a preocupação e o excesso de atenção prejudicam muito a qualidade do sono e não resolvem os problemas, apenas criam novos. Tente um treino de relaxamento para abaixar as frequências das ondas cerebrais e aprofundar o sono, pois, quanto menor a frequência cerebral, maior a chance de atingir o inconsciente e a intuição.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.