Doença cardiovascular é fator de risco para Alzheimer. É possível preveni-la?

Doença cardiovascular é fator de risco para Alzheimer. É possível preveni-la?
5 (100%) 2 votes

 

demencia-alzheimer-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular
Muitas pessoas têm medo de apresentar Alzheimer, superando, inclusive, o temor de outras doenças, como o câncer. (imagem: revistaamizdat)

 

A demência é uma doença que não discrimina, afetando todas as pessoas, independente da etnia, classe econômica ou social. Ela pode apagar as memórias recentes e antigas, alterar a personalidade, reduzir a independência e, em situações mais graves, forçar a saída de casa. Dessa forma, além de acometer o indivíduo, ela também atinge a família, os amigos e a comunidade ao redor, devido à elevada demanda de cuidados.

Por conta dessas consequências, muitas pessoas têm medo de apresentar Alzheimer, superando, inclusive, o temor de outras doenças, como o câncer. Infelizmente, não existe a cura para nenhum tipo de demência, muito menos uma pílula milagrosa, no entanto, um recente estudo que investigou mais de 1.000 pessoas com idade média de 70 anos identificou um fator de risco para Alzheimer que pode ser prevenido.

Segundo os dados alcançados, as pessoas com obstrução nas carótidas, ou seja, com doença cardiovascular, apresentam um volume cerebral menor do que as que não possuem essa condição. Além disso, elas são mais propensas a serem hipertensas, diabéticas ou tabagistas.

LEIA TAMBÉM: Doenças cardiovasculares são as que mais matam no mundo. Você sabe como preveni-las?

LEIA TAMBÉM: Como proteger o coração do envelhecimento precoce

LEIA TAMBÉM: Você tem algum familiar com doença cardiovascular? Saiba como diminuir os riscos de você também ter

LEIA TAMBÉM: Vitamina D ajuda a prevenir doenças cardiovasculares?

Apesar de não possuírem sintomas, as pessoas com obstrução das carótidas apresentavam uma pior função cognitiva e memória de curto prazo, típicos da doença de Alzheimer.

O cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e em São Paulo, explica que a dúvida se a circulação cerebral afetaria a função cognitiva sempre existiu. “Pesquisas em ratos indicavam que quando o fluxo nas carótidas diminuía, havia alteração no hipocampo, o mesmo que vemos nas pessoas com Alzheimer. Este novo estudo veio para confirmar esta dúvida e agora temos uma ferramenta a mais para prevenir a doença”, indica.

Para precaver as enfermidades cardiovasculares, que são a principal causa de morte no mundo, e chegar à terceira idade de forma independente, faça um check-up vascular e cuide da sua saúde com um profissional gabaritado e que se mantenha sempre atualizado.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: Frio é o melhor momento para fazer check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.