Está com as pernas inchadas? Será que o verão é a única causa?

Está com as pernas inchadas? Será que o verão é a única causa?
5 (100%) 2 votes

 

inchaco-pernas-tratamento-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Pernas inchadas não são normais, embora sejam mais comuns no calor, principalmente quando não chove. (imagem: medical news today)

 

O verão chegou e o momento é de altas temperaturas. Por isso, muitas pessoas estão ficando com as pernas bem inchadas, principalmente no final do dia. No entanto, você sabia que o calor não é o único vilão? 

Pernas inchadas não são normais, embora sejam mais comuns no calor, principalmente quando não chove. Na realidade, o inchaço nas pernas pode ser causado por diversos fatores e doenças. Por isso, é fundamental procurar um médico de confiança para investigar e determinar a causa.  

Algumas perguntas sobre o histórico médico do paciente são fundamentais para identificar o motivo do inchaço:

  • Tem problema no coração, rim, fígado ou tireoide?
  • Já fez investigação de algum desses órgãos? 
  • Toma algum remédio?
  • O inchaço é nas duas pernas ou somente em uma?
  • O inchaço é doloroso? 
  • Está com hematomas sem bater?
  • Começa nos dedos, no dorso do pé ou no tornozelo?
  • Começa desde ao acordar ou piora durante o dia?
  • Tem varizes?
  • Teve febre?
  • Está tendo câimbras?
  • Com o que você trabalha?

Essas simples perguntas acompanhadas de um exame físico bem realizado fazem o diagnóstico em mais de 90% dos pacientes e já permite o início do tratamento. Por isso, é fundamental procurar um cirurgião vascular que tenha uma boa formação para não ficar realizando um monte de exames desnecessários que irão postergar o tratamento.

LEIA TAMBÉM: Perna esquerda inchada e com varizes pode indicar Síndrome de Cockett 

LEIA TAMBÉM: Dor, vermelhidão e inchaço onde tem varizes? Pode ser tromboflebite

LEIA TAMBÉM: Dicas para evitar o inchaço na gestação

Mas, como tratar?

Infelizmente, muitas pessoas com inchaço nas pernas são tratadas com diuréticos. No entanto, na maioria das vezes , este não é a melhor solução, pois não trata a causa do inchaço e tem uma indicação de uso muito restrita.

O ideal é sempre identificar a causa do inchaço para poder tratar da forma mais eficiente possível! 

Algumas medidas não medicamentosas também ajudam no tratamento do inchaço, independente da causa:

  • Fazer atividade física que exercite as panturrilhas.
  • Manter-se no peso ideal.
  • Controlar a ingestão de sal. (lembre-se que alimentos congelados e embutidos têm muito sal)

“Hoje, tenho muitas pacientes com lipedema e linfedema que apresentavam inchaço nas pernas e demoraram muito para encontrar um médico que realmente entende destas patologias. Algumas quase desistiram, mas hoje estão muito felizes com o tratamento. Por isso,  procurar um bom médico é fundamental”, afirma o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas. 

LEIA TAMBÉM: Fotopletismografia: exame fundamental para descobrir a causa de inchaço e dores nas pernas

Importante!

Toda doença é mais facilmente tratada no início da evolução. Se você apresenta inchaço nas pernas ou conhece alguém que tenha, compartilhe esse conteúdo! Vamos ajudar as pessoas a encontrar o tratamento correto e melhorar este desconforto nas pernas.

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.