laser-vasinhos-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

Laser para varizes e vasinhos: qual o melhor tratamento?

Laser para varizes e vasinhos: qual o melhor tratamento?
5 (100%) 3 votes

 

laser-vasinhos-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
O Laser tem sido cada vez mais utilizado para o tratamento das varizes e vasinhos. (imagem abdofarret)

 

A prevalência de vasinhos é muito grande, mais de 30% das mulheres têm vasinhos e 20% dos homens também têm.

Os vasinhos geralmente não são perigosos, mas podem causar dor, coceira e queimação, principalmente se a pessoa ficar longos períodos em pé. Ou seja, não é apenas uma preocupação estética.

Laser

O Laser tem sido cada vez mais utilizado para o tratamento das varizes e vasinhos, no entanto, algumas informações são importantes antes de procurar e iniciar um tratamento.

O Laser pode ser usado para tratar quase todas as varizes, desde o tratamento de vasinhos muito pequenos (telangiectasias) até a veia safena. Para cada caso, temos diferentes técnicas e diferentes tipos de aparelhos, frequências e fibras de laser que devem ser utilizados.

Nas pessoas em que a veia safena deve ser tratada, o laser se mostra superior à cirurgia de retirada da veia (safenectomia). Os consensos médicos americanos e europeus recomendam a escolha desta técnica para o tratamento dos pacientes que têm indicação de tratar a veia safena, por ter risco menor de complicações associadas e diminuir o tempo de recuperação e retorno às atividades do dia-a-dia.

LEIA TAMBÉM: Cirurgia a laser para varizes também é possível com safenas grandes

O Laser é uma luz em uma frequência específica e amplificada. O uso do laser, na cirurgia vascular, visa danificar o vaso. Isto pode ser feito atuando sobre a hemoglobina ou sobre a parede do vaso, fechando-o.

“O objetivo do tratamento das varizes e vasinhos é eliminar os vasos que não estão funcionando adequadamente, assim o sangue passará apenas nas veias saudáveis. Desta forma, o laser é uma ferramenta que utilizamos para eliminar o vaso sem retirá-lo do lugar, evitando os cortes e cicatrizes da cirurgia tradicional, em que o vaso é retirado do corpo. Não recomendo o laser que atua sobre a hemoglobina, pois pode gerar muito calor e lesar os tecidos ao redor, como a pele, por exemplo”, indica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo, Campinas e a distância.

Atualmente, não temos estudos que demonstrem superioridade do laser em relação à aplicação de vasinhos (escleroterapia), tanto em efetividade, como em diminuição da dor. Por isso, converse com o seu médico sobre qual a melhor opção para você levando em conta também o seu tom de pele. 

Novas frequências de laser estão sendo estudadas e poderemos ter estudos demonstrando uma superioridade do laser em breve.

Além disso, é importante lembrar que algumas pessoas têm veias que nutrem os vasinhos. Desta forma, sempre que são identificadas, devem ser tratadas antes dos vasinhos, pois elas mantêm os vasinhos com sangue e impedem o seu fechamento (esclerose), independente da técnica que for escolhida.

Para a veia safena, o tratamento com laser é melhor do que a retirada convencional da veia. As vantagens do laser são: menor tempo de recuperação e menor dor no pós-operatório quando comparado com a cirurgia convencional. Em outras palavras, para quem tem insuficiência de veias safenas, o melhor tratamento existente hoje no mundo é a termoablação com laser.

Para evitar complicações com este tipo de procedimento, procure um profissional que conheça sobre a doença e também o tipo de laser que está utilizando. Isso irá aumentar as chances de você ter um bom resultado atendendo às suas expectativas.

LEIA TAMBÉM: Alerta: tratamento de varizes e vasinhos pode ser perigoso se realizado pela pessoa errada

LEIA TAMBÉM: Você sabia que tratar as varizes pode melhorar a sua saúde cardiovascular?

LEIA TAMBÉM: Como evitar que as varizes voltem?

Lipedema

As mulheres com Lipedema, quando inflamadas, apresentam um risco maior de hiperpigmentação quando realizam o procedimento. Por isso, é muito importante tratar a inflamação antes de realizar o tratamento.

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.