Lipedema afeta a qualidade de vida das mulheres. Saiba mais!

Lipedema afeta a qualidade de vida das mulheres. Saiba mais!
5 (100%) 2 votes

 

lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Devido ao desconhecimento do Lipedema, muitas mulheres ficam sem diagnóstico e possibilidade de tratamento. (imagem: Freepik)

 

O Lipedema é uma doença crônica do tecido adiposo e progressiva, que se manifesta com o acúmulo de gordura nas partes inferiores do corpo, acompanhado de edema e dor. Devido a numerosos aspectos físicos e psicológicos, acaba afetando a qualidade de vida das mulheres que apresentam esta enfermidade.

LEIA TAMBÉM: Lipedema causa inchaço e dores nas pernas

Embora acometa 11% das mulheres, a causa do Lipedema é desconhecida, sendo muitas vezes subdiagnosticada ou diagnosticada como obesidade, mesmo com metade das pacientes estarem no peso ideal.

“As mulheres que têm Lipedema apresentam queixas de pernas gordas, hematomas com facilidade, muita celulite e dores nas pernas. Muitas pacientes se sentem rejeitadas pelos médicos, escutam que é normal, que é de família ou que elas estão obesas. No entanto, muitos médicos desconhecem o que é Lipedema! A divulgação da informação é a única maneira de mudar a qualidade de vida destas mulheres”, alerta o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas.

Tratamento

Devido ao desconhecimento desta doença, muitas mulheres ficam sem diagnóstico e possibilidade de tratamento. Afinal, ao contrário da obesidade, a gordura do Lipedema não melhora com dieta e atividade física e, por isso, muitas mulheres ficam desacreditadas com o tratamento.

Hoje, existem medicações e cremes que auxiliam na melhora dos sintomas e remodelamento das pernas. Nos casos iniciais, as mulheres ficam sem dores, hematomas e inchaço nas pernas, além de melhorar a celulite.

Para casos mais avançados, pode ser realizada a lipossucção tumescente com um cirurgião habilitado para esta técnica para não correr riscos de lesão do sistema linfático.

“Quando tratadas, essas mulheres vêem uma grande melhora e ficam muito satisfeitas consigo mesmas. Além disso, é importante lembrar que o Lipedema não tem apenas aspectos negativos. As mulheres com essa doença apresentam pouca gordura visceral (abdominal), baixo risco de diabetes, dislipidemia e hipertensão, mesmo quando estão acima do peso, têm uma pele macia e sedosa, além de um rosto jovem e bonito”,   complementa o Dr. Daniel Benitti.

LEIA TAMBÉM: Dicas alimentares que ajudam a combater a inflamação e o lipedema

LEIA TAMBÉM: Celulite e Lipedema: como melhorar os sintomas e a aparência da pele

Importante

O Lipedema merece mais atenção por parte de toda a sociedade e comunidade médica. Muitas mulheres sofrem com essa doença e não sabem onde procurar ajuda, pois nunca encontram informações sobre o assunto.

Ajude-nos a divulgar esta matéria! Caso você não tenha Lipedema, certamente conhece alguém que tenha.

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.