Lipedema causa inchaço e dores nas pernas

Lipedema causa inchaço e dores nas pernas
5 (100%) 5 votes

 

lipedema-sintomas-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas-sp
O lipedema ocorre quase que exclusivamente nas mulheres. Normalmente, o início se dá entre a puberdade e os 30 anos.

 

O lipedema é um distúrbio doloroso de deposição de gordura nas pernas, que leva ao alargamento progressivo dos membros inferiores, poupando os pés – doloroso à palpação. Estima-se que 11% das mulheres tenham a doença. No entanto, ela é subdiagnosticada e pouco investigada, mesmo tendo um impacto psicológico intenso.

Segundo o Dr. Daniel Benitti, especialista em lipedema, que atende em São Paulo e em Campinas, muitas pacientes se sentem rejeitadas pelos médicos e escutam que é normal, que é de família ou que elas estão obesas. “A verdade é que muitos profissionais desconhecem o que é lipedema! Por isso, muitas mulheres ficam sem diagnóstico e sem possibilidade de tratamento”, alerta.

O lipedema ocorre quase que exclusivamente nas mulheres. Normalmente, o início se dá entre a puberdade e os 30 anos. Apenas metade das pacientes está acima do peso, mas muitas parecem com o peso normal da cintura para cima. Além disso, cerca de 30% têm uma combinação de lipedema nos braços e nas pernas, embora nos membros inferiores seja mais comum.

Diagnóstico

O diagnóstico do lipedema baseia-se na história clínica da paciente e no exame físico. As principais características da doença incluem acometimento simétrico e bilateral, ausência de assimetrias na pele, cútis macia e lisa, e não visualização do maléolo medial (o ossinho do tornozelo). Os sinais-chave e sintomas incluem:

  • Sensação de peso nas pernas;
  • Hematomas com facilidade;
  • Sensibilidade ao toque;
  • Edema ortostático;
  • Queixa de “pernas gordas”;
  • História familiar positiva;
  • Sensação de pele fria.

“As extremidades inferiores mostram tipicamente depósitos de gordura na parte medial, dos joelhos até os tornozelos, poupando os pés. Porém, podendo acometer também coxas, quadril e braços”, explica o Dr. Daniel Benitti.

LEIA TAMBÉM: O que você deve saber sobre inchaço nas pernas?

LEIA TAMBÉM: Lipedema não tem cura, mas tem tratamento

Tratamento

lipedema-tratamento-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas-sp
Hoje existem tratamentos medicamentosos e cremes que auxiliam na melhora dos sintomas e remodelam as pernas em casos iniciais de lipedema. (imagem: Freepik)

 

Primeiramente, a pessoa que apresenta os sintomas acima deve passar por consulta com um médico que tenha experiência no assunto para uma avaliação. “Não há motivos para ter vergonha, quanto mais cedo o diagnóstico, mais fácil é o tratamento e menor o impacto emocional que a doença causa”, explica.

Para o tratamento do lipedema é fundamental manter um controle de peso adequado, pois qualquer ganho irá acumular mais gordura nas pernas. Contudo, é importante lembrar que metade das pacientes com lipedema está no peso ideal.

Hoje existem tratamentos medicamentosos e cremes que auxiliam na melhora dos sintomas e remodelam as pernas em casos iniciais. Para os mais avançados deve-se realizar a liposucção tumescente com microcânula vibratória.

“Essa técnica consiste na infiltração de grande volume de solução salina com anestésico e epinefrina, seguida pela aspiração da gordura por microcânulas vibratórias. O procedimento é minimamente invasivo e facilita a remoção da gordura, diminuindo o sangramento devido ao efeito da epinefrina e praticamente extingue a possibilidade de lesão linfática, melhorando também o controle pós-operatório da dor, devido ao anestésico infiltrado. Ela já é utilizada na Alemanha há 20 anos com excelentes resultados e melhora na qualidade de vida das mulheres”, esclarece o Dr. Daniel Benitti.

É importante salientar que as mulheres que apresentam varizes e lipedema devem tratar as varizes antes de realizar o procedimento de lipossucção.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.