lipoaspiracao-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

A lipoaspiração para o lipedema é um procedimento estético?

A lipoaspiração para o lipedema é um procedimento estético?
5 (100%) 7 votes

 

lipoaspiracao-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A lipoaspiração também pode ser utilizada para redução dos sintomas de algumas doenças, como o Lipedema.

 

Quando falamos sobre lipoaspiração, as pessoas sempre pensam em um procedimento estético. De fato, a lipoaspiração é um dos procedimentos estéticos mais comuns com tendência de aumento constante ao longo dos anos. 

Embora geralmente realizado como um procedimento estético de contorno corporal, também pode ser utilizado em grupos específicos de pacientes para redução dos sintomas da doença. Uma dessas doenças é o Lipedema.

O lipedema é um distúrbio crônico que acomete mulheres durante a puberdade, gestação, menopausa ou alguma situação de muito estresse. Caracteriza-se por aumento simétrico do tecido gorduroso nas pernas, podendo acometer braços, doloroso a palpação, mas poupa mãos, pés e tronco.

Embora tenha sido descrito pela primeira vez em 1940 pelos Drs. Edgar Allen e Edgar Hines na Clínica Mayo, acometer 11% das mulheres e já ser considerado como doença pela Organização Mundial de Saúde, o Lipedema é raramente diagnosticado, talvez por ainda não fazer parte do do currículo das faculdades de medicina.

LEIA TAMBÉM: Lipedema afeta a qualidade de vida das mulheres

LEIA TAMBÉM: Lipedema pode atrapalhar a vida sexual

O diagnóstico clínico do Lipedema é definido pelo acúmulo desproporcional e simétrico de gordura nas extremidades inferiores, que geralmente é acompanhado por edema ortostático.

tipos-de-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-pualo-campinas
Tipos de Lipedema de acordo com a localização no corpo.

Lipoaspiração

“A lipoaspiração é um tratamento seguro e eficaz para as pacientes com Lipedema quando realizada por um cirurgião especializado. A cirurgia nunca deve ser considerada como um procedimento estético. Devemos sempre lembrar que estamos tratando uma doença que causa dor e impacta o psicológico e a motilidade das pacientes. Tratar a lipoaspiração do Lipedema como um procedimento estético dificulta adicioná-lo na lista dos procedimentos cobertos pelos planos de saúde e pelo SUS”, explica e alerta o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em Lipedema que atende em São Paulo, Campinas e, no momento, a distância.

A lipoaspiração não deve ser considerada um método ou uma alternativa para perda de peso. A cirurgia deve ser feita da forma mais segura possível e os parâmetros de segurança são muito bem estabelecidos.

Existe mais de uma técnica para realizar a lipoaspiração no tratamento do Lipedema. Em todas elas é obrigatório fazer a tumescência com infiltração de líquido anestésico e epinefrina, para diminuir o sangramento e preservar os vasos linfáticos das pernas.

Todas as técnicas podem ser feitas com anestesia local mais sedação, sem a necessidade de anestesia geral e com incisões mínimas. No entanto, o volume aspirado total (gordura + fluido) não deve ultrapassar 5 litros e a superfície aspirada não pode ser superior a 40%, para evitar complicações pós operatórias, como a trombose. Além disso, em alguns casos pode ser necessário mais de um procedimento.

Vibrolipo

vibrolipo-lipoaspiracao-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A vibrolipo consiste na lipoaspiração com o auxílio de microcânulas vibratórias.

A técnica mais estudada no mundo e com maior segmento é a vibrolipo.

A vibrolipo consiste na lipoaspiração com o auxílio de microcânulas vibratórias. A vibração quebra a gordura do Lipedema sem causar lesão nos tecidos ao redor, facilitando a absorção e reduzindo o tempo do procedimento.

Essa técnica é utilizada na Alemanha há mais de 20 anos com resultados seguros e duradouros.

Um recente estudo alemão acompanhou as pacientes por mais de 12 anos e evidenciou ausência de complicações devido a lipoaspiração na perna das pacientes submetidas a vibrolipo com anestesia tumescente.

“Esse estudo é muito interessante, pois comprovou cientificamente a segurança a longo prazo do procedimento. No entanto, metade das pacientes ganharam peso após 12 anos. Isso demonstra a importância do tratamento clínico e mudança de estilo de vida antes da cirurgia. Quando adaptamos a paciente a um novo estilo de vida, sem inflamação, além de facilitar a cirurgia, ela não irá ganhar peso ao longo do tempo”, explica o Dr. Daniel Benitti. 

Alerta

Não existe a melhor técnica para o tratamento do Lipedema. O cirurgião é mais importante do que a técnica. O ideal é procurar um médico com experiência no tratamento e que entenda do assunto.

Não caia em jogadas de marketing e promessas. Esteja preparada para mais de uma cirurgia e para a necessidade de remoção de pele, caso sobre após os procedimentos.

As mulheres com Lipedema são muito bonitas, com um rosto jovem e uma pele macia e sedosa. Todas têm o direito de querer melhorar a estética do corpo, mas esse não deve ser o objetivo principal do procedimento. Afastar a lipoaspiração do modelo estético irá ajudar a tornar acessível o procedimento para todas.

LEIA TAMBÉM: Qual o melhor tratamento para Lipedema?

LEIA TAMBÉM: Qual a melhor lipoaspiração para a paciente com Lipedema?

LEIA TAMBÉM: Se exercitando com Lipedema

LEIA TAMBÉM: Plataforma vibratória melhora a celulite e o Lipedema

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.