O ar está muito seco. Vale a pena comprar um umidificador?

O ar está muito seco. Vale a pena comprar um umidificador?
5 (100%) 3 votes

 

ar-seco-umidificador-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sp-campinas
Apesar de não ser possível aumentar a umidade do ar na cidade, existe a possibilidade de melhorá-lo em um pequeno ambiente, como a sua casa ou o seu trabalho. (imagem: maconequi)

 

Se você encostou em alguém ou em alguma coisa recentemente e levou um choquinho é porque o ar está muito seco, ou seja, com pouca umidade. Isso atrapalha muito o sistema respiratório, mesmo para as pessoas que não possuem nenhum problema.

Isso acontece pois, após entrar pelo nariz, o ar é umidificado para chegar aos pulmões e, quanto mais seco, mais o organismo sofre para aumentar essa umidade. Isso faz com que a pessoa fique desidratada, com a garganta arranhando, com tosse, além de acordar com a boca seca.

Segundo o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas, o ideal é a umidade do ar estar entre 30 e 50%. “Nesta época de frio e pouca chuva, estamos tendo uma umidade relativa do ar abaixo de 30% em alguns dias. Isto faz muito mal para o sistema respiratório e desidrata muito as pessoas, piorando as doenças cardiovasculares”, alerta.

LEIA TAMBÉM: Uma simples dica pode ajudar no tratamento de uma importante doença cardiovascular

LEIA TAMBÉM: Como fugir da desidratação durante o calor?

Apesar de não ser possível aumentar a umidade do ar na cidade, existe a possibilidade de melhorá-lo em um pequeno ambiente, como a sua casa ou o seu trabalho. Para isso, um umidificador de ar pode auxiliar muito e reduzir bastante sintomas, como:

  • Corrimento nasal;
  • Sintomas de febre, sem estar com a temperatura alta;
  • Hemorragias nasais;
  • Crises de asma e alergia;
  • Congestão nasal;
  • Garganta seca.

Dica: se você apresenta um destes sintomas, compre um umidificador de ar!

Mas, é importante lembrar que não basta apenas comprá-lo, é necessário manter o aparelho em boas condições de uso, garantindo que ele esteja limpo e funcionando adequadamente.

Para isso, troque a água diariamente, evitando mofo ou bactéria, e lave todo o sistema a cada 3 dias. Também renove o filtro mensalmente.

“Tome cuidado com o uso incorreto do umidificador, pois muita umidade também pode causar problemas nos pulmões. Altos níveis de umidade no ar podem desencadear alergias e asma, bem como promover o crescimento de fungos, bactérias, mofo e ácaros. Então, compre um medidor de umidade (higrômetro). Hoje existem diversos modelos, inclusive alguns inclusos em relógios digitais de parede”, indica o Dr. Daniel Benitti.

Lembre-se: o umidificador irá tornar o ambiente mais confortável e suas vias aéreas irão agradecer!

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.