O uso de meia elástica previne complicações da trombose?

O uso de meia elástica previne complicações da trombose?
5 (100%) 2 votes

 

meia-elastica-trombose-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas
A trombose mata mais que câncer de mama, próstata e pulmão juntos. (imagem: Silgvaris)

 

A síndrome pós-trombótica pode gerar diversos sintomas, como escurecimento, edema e aumento do membro acometido pela trombose, normalmente em uma das pernas. Contudo, o uso de meia elástica de compressão previne e ajuda a diminuí-los.

Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e em São Paulo, o uso da meia durante dois anos após a doença atenua a incidência da síndrome de 50% para 20%. “Embora para algumas pessoas elas sejam custosas e desconfortáveis, a utilização está mais do que justificada pelos benefícios”, indica.

Apesar disso, um recente estudo realizado com mais de 800 pessoas demostrou que algumas se beneficiam do uso da meia elástica com apenas 6 a 12 meses de tratamento, não sendo necessário utilizar durante dois anos.

LEIA TAMBÉM: Você sabia que ficar muito tempo em frente à televisão ou ao computador é um fator de risco para trombose?

LEIA TAMBÉM: Afinal, anticoncepcionais aumentam o risco de trombose?

LEIA TAMBÉM: Fator V de Leiden aumenta o risco de trombose e é mais comum do que você imagina

O Dr. Daniel Benitti ressalta que todo paciente com trombose deve ser tratado com anticoagulante, a não ser que tenha contraindicação. “Esse tratamento deve ser realizado por no mínimo seis meses e o ideal é repetir o exame de ultrassom doppler ao final, para verificar se poderá suspender ou não o anticoagulante. Durante esse período, o uso das meias elásticas de média compressão é muito importante. Inclusive, a diminuição do tempo necessário de uso ajuda o paciente, pois aumenta a aderência ao tratamento e diminui muito o custo”, afirma.

Você sabia?

Hoje a trombose mata mais que câncer de mama, próstata e pulmão juntos. Por isso, toda informação sobre esse assunto é de grande importância para a população em geral. Ajude-nos a divulgá-la!

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: Frio é o melhor momento para fazer check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.