Os piores e os melhores alimentos para quem tem diabetes

Os piores e os melhores alimentos para quem tem diabetes
5 (100%) 5 votes

 

alimentos-diabeticos-diabetes-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
As pessoas devem escolher alimentos com um índice glicêmico baixo e que forneçam nutrientes importantes para se manter saudável.

 

Se você é diabético ou tem familiares com a doença, saiba que a alimentação pode ser o melhor remédio. Para isso, é fundamental entender quais comidas e bebidas são as melhores opções e quais devem ser evitadas.

O Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo e em Campinas, explica que os alimentos ricos em carboidratos, gordura e sal (sódio), além de aumentarem o risco de pressão alta, colesterol alto, ganho de peso e doenças cardíacas, dificultam o controle de açúcar no sangue, aumentando as chances de desenvolver diabetes ou dificultando o controle da doença.

Os piores alimentos para quem precisa controlar ou evitar o diabetes são:

  1. Bebidas doces. Não apenas os refrigerantes, mas também os sucos prontos, em saquinhos, chás gelados e achocolatados, pois são ricos em açúcar e calorias, mas pobres em nutrientes. Muitas mães acreditam que essas bebidas são saudáveis, mas não são. Por isso, é fundamental ler o rótulo.
  2. Energéticos em geral. A maioria tem alta quantidade de açúcar.
  3. Leite integral. Tem muita gordura, que auxilia no ganho de peso. Prefira semidesnatado ou desnatado.
  4. Hambúrgueres, cachorro-quente e fast food. Estes alimentos em geral são ricos em calorias e sal, além de terem poucos nutrientes. Ou seja, são reais inimigos de uma boa alimentação. Evite-os.
  5. Cereais matinais. Sim, são ricos em açúcar – muito mesmo! Alguns países já proibiram esse tipo de produto. Dê preferência aos que não têm açúcar.
  6. Sorbet. Muitas pessoas acreditam que eles têm menos caloria que o sorvete, mas na verdade têm o dobro.
  7. Frituras. Todas acrescentam gordura ao alimento e dificultam a manutenção do peso ideal.

LEIA TAMBÉM: Diabetes: a doença mais mal tratada do país

LEIA TAMBÉM: Má alimentação está relacionada à metade das mortes por infarto, derrame e diabetes

LEIA TAMBÉM: Diabetes gestacional

Os melhores alimentos para quem precisa controlar ou evitar o diabetes são:

  1. Batata doce. Apesar do nome, é uma excelente fonte de vitamina C, potássio e fibras, com baixo teor de carboidratos.
  2. Vegetais crucíferos. Todos possuem fitoquímicos, vitaminais, minerais e fibras. São eles: brócolis, rúcula, couve flor, couve, repolho, agrião, mostarda e nabo.
  3. Legumes. Principalmente o feijão branco, carioca, jalo e bolinha. Por serem excelentes fontes de proteína e fibras, fornecem sensação de plenitude com poucas calorias.
  4. Oleaginosas. Aproveite as nozes, amêndoas, castanhas e o amendoim, pois possuem proteínas, vitaminas, minerais, fibras e ômega-3.
  5. Frutas. Escolha aquelas ricas em vitaminas, fibras e antioxidantes.

“As pessoas devem escolher os alimentos com um índice glicêmico baixo (o que representa o aumento total do nível de açúcar no sangue após comê-lo) e que forneçam nutrientes importantes para se manter saudável”, complementa e finaliza o Dr. Daniel Benitti.

Esta tabela ajuda na escolha dos alimentos pelo índice glicêmico:

 

indice-glicemico-diabetes-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Os alimentos ricos em carboidratos, gordura e sal (sódio), além de aumentarem o risco de pressão alta, colesterol alto, ganho de peso e doenças cardíacas, dificultam o controle de açúcar no sangue.

 

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.