plataforma-vibratoria-tratamento-lipedema-celulite-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

Plataforma vibratória melhora a celulite e o Lipedema

Plataforma vibratória melhora a celulite e o Lipedema
5 (100%) 3 votes

 

plataforma-vibratoria-tratamento-lipedema-celulite-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
Além dos resultados na musculatura e tecido adiposo, a plataforma vibratória promove aumento da densidade mineral óssea, melhora o equilíbrio e eleva a circulação e o fluxo sanguíneo. (imagem madeiramadeira)

 

A celulite é definida como uma alteração metabólica no tecido subcutâneo, que causa alteração na pele superficial e está presente nas regiões posterolaterais de coxas, glútea e abdominal. Ela atinge de 80 e 90% das mulheres, diminuindo a qualidade de vida e a autoestima, causando desconforto estético.

As mulheres com Lipedema apresentam bastante celulite e muitas vezes com um aspecto mais profundo. Devido à alta prevalência, é importante que as pessoas tenham conhecimento de tratamentos efetivos para melhorar a aparência antiestética causada.

LEIA TAMBÉM: Pernas gordas ou com muita celulite? Você pode ter Lipedema!

LEIA TAMBÉM: 11% das mulheres apresentam Lipedema mas não sabem!

O aspecto ondulado característico da celulite acontece devido ao arranjo longitudinal de septos fibrosos do subcutâneo que não sustentam as células de gordura.

Dicas

É importante lembrar que o sal é um grande vilão para a celulite e o Lipedema. Além de cortar a ingestão do mesmo, iniciar um tratamento com plataforma vibratória é um excelente aliado para a melhora de ambos.

LEIA TAMBÉM: 7 dicas para cortar o sal da alimentação

LEIA TAMBÉM: Dicas alimentares que ajudam a combater a inflamação e o Lipedema

LEIA TAMBÉM: Você sabia que a cavalinha melhora as celulites e o Lipedema?

Plataforma vibratória

Os efeitos da plataforma vibratória ocorrem devido à vibração passiva que gera oscilação mecânica com alteração periódica da força, aceleração e deslocamento ao longo do tempo, tornando-se um método alternativo para a prática de exercícios.

A ação da plataforma vibratória produz ondas sinusoidais (oscilações repetitivas e leves) entre 15 e 60 Hertz, com deslocamento vertical e horizontal, que atua principalmente nos membros inferiores.

A plataforma não produz contração muscular voluntária, mas requer constante controle dinâmico e estático da musculatura. Além disso, o contato do corpo com a plataforma vibratória provoca aceleração corporal e força reativa subsequente a ele. Assim, a vibração é capaz de acumular energia mecânica no corpo e as forças internas aumentam, elevando o metabolismo muscular, consumo de oxigênio e geração de calor, devido ao aumento do fluxo sanguíneo.

“Além dos resultados observados na musculatura e tecido adiposo, a plataforma vibratória promove aumento da densidade mineral óssea, melhora o equilíbrio e eleva a circulação e o fluxo sanguíneo, gerando aumento da temperatura corporal. No entanto, as mulheres com Lipedema devem fazer com amplitude baixa, pois esse tipo de vibrações ajudam a quebrar o tecido fibrótico característico da doença. Já as vibrações de alta amplitude irão aumentar a inflamação”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em Lipedema que atende em São Paulo e em Campinas.

LEIA TAMBÉM: Celulite e Lipedema: como melhorar os sintomas e a aparência da pele

LEIA TAMBÉM: Yoga: por que começar a fazer, principalmente se você tiver Lipedema?

A plataforma vibratória permite vários ajustes de frequência, amplitude e tempo de exposição, possibilitando diferentes protocolos de treinamento.

A atividade é um atrativo recurso para pessoas relutantes em exercícios convencionais, mas que buscam melhorar o contorno do corpo, tornando-se uma modalidade de tratamento inovadora. Afinal, ela requer pouco tempo, mas fornece diversos benefícios, aumentando a função muscular.

A vibração do corpo inteiro pode fornecer essas vantagens e seus efeitos são explicados com base na atividade excêntrica-concêntrica repetitiva que induz o trabalho muscular e, consequentemente, aumenta a taxa metabólica, como o aumento da oxidação da gordura e liberação de catecolaminas, reduzindo o tempo de treino para 10 minutos e com resultados visíveis após 10 sessões.

Por mais que a plataforma vibratória seja muito positiva em diversos quesitos, não são todas as pessoas que podem utilizá-la. Seu uso é contraindicado em pessoas com marca passo, osteoporose acima do Grau I, gestantes, crianças e pessoas com doenças cardiovasculares severas.

Conhece alguém com celulite ou Lipedema? Compartilhe essa informação!

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.