Saúde vascular merece cuidados especiais no inverno

 

inverno-saude-vascular-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas
Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, as pessoas que sofrem com problemas arteriais devem evitar a exposição a baixas temperaturas, se protegendo do frio com agasalhos, luvas, meias e toucas.

 

O inverno chegou e esta época do ano merece uma atenção especial das pessoas que apresentam problemas circulatórios e falta de sensibilidade nas extremidades, como os diabéticos. As baixas temperaturas podem causar complicações para quem sofre com doenças arteriais.

Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e São Paulo, os idosos estão mais sujeitos a estes problemas. “Com o avanço da idade, a presença de arteriosclerose (acúmulo de gordura na parede das artérias) é mais frequente. Com o frio, as artérias sofrem contração e vasoconstrição, podendo prejudicar ainda mais, e de forma repentina, a circulação destes pacientes”, alerta.

LEIA TAMBÉM: Sistema circulatório: riscos e cuidados após os 60 anos

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sensação de pés e mãos frios, cansaço, aumento da dor, cianose (rouxidão) das extremidades, pele escamosa e formigamento, queixas bem comuns desta estação, são sintomas presentes em 22% das mortes em todo o mundo.

LEIA TAMBÉM: Você conhece o Fenômeno de Raynaud?

LEIA TAMBÉM: Pés podem dar sinais de obstrução nas artérias

“A recomendação é que as pessoas que sofrem com problemas arteriais evitem a exposição a baixas temperaturas. O ideal é que elas se protejam mais do frio com agasalhos, luvas, meias e toucas”, aconselha o Dr. Daniel Benitti.

Também é muito importante fazer um check-up vascular para conseguir detectar qualquer doença antes que ela apresente estes sintomas. Além disso, o especialista poderá dizer qual o tratamento mais adequado para cada pessoa.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: Cuidado! Muitas doenças vasculares são silenciosas

“A má circulação sanguínea pode ser tratada com medicação, terapia ou, em casos extremos, procedimentos cirúrgicos, como a angioplastia, revascularização e endarterectomia”, indica o Dr. Daniel Benitti.

Ao mesmo tempo, algumas atitudes simples podem evitar complicações indesejadas:

  • Realizar exercícios físicos regulares;
  • Manter o corpo hidratado continuamente, com ingestão de água e sucos naturais em abundância (de 2 a 3 litros por dia);
  • Evitar exposição ao calor excessivo localizado, como o uso de bolsas de água quente, por exemplo, que podem provocar queimaduras em pessoas com menos sensibilidade nas extremidades.

LEIA TAMBÉM: Secagem de vasinhos

LEIA TAMBÉM: Laser varizes

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.