Varicocele afeta mais de 2 milhões de homens por ano no Brasil

Varicocele afeta mais de 2 milhões de homens por ano no Brasil
5 (100%) 2 votes

 

varicocele-varizes-testiculo-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular
A dilatação das veias dos testículos pode dificultar o retorno venoso do sangue, o que aumenta a temperatura no órgão e prejudica a produção e o funcionamento dos espermatozoides. (imagem: infoescola)

 

A varicocele, ou varizes do testículo, é uma dilatação anormal das veias testiculares e constitui a causa tratável mais comum de infertilidade masculina. Essa doença é muito comum, afetando mais de 2 milhões de homens por ano no Brasil.

A dilatação dessas veias pode dificultar o retorno venoso do sangue dos testículos, o que aumenta a temperatura no órgão e prejudica a produção e o funcionamento dos espermatozoides, causando, assim, a infertilidade.

LEIA TAMBÉM: Vitaminas que auxiliam a fertilidade masculina

LEIA TAMBÉM: Vitaminas e suplementos que ajudam na saúde vascular

LEIA TAMBÉM: Por que as varizes vão além da estética?

Diagnóstico

Na maioria dos casos, a varicocele é assintomática. Portanto, ela pode prejudicar a função dos testículos sem mostrar sinal! A medida mais importante para o diagnóstico é o exame físico, sempre que diagnosticada a presença de varizes no testículo (com maior frequência à esquerda). Após isso, é indicado realizar um exame de ultrassom doppler na região afetada para a confirmação clínica.

LEIA TAMBÉM: Cuidado! Muitas doenças vasculares são silenciosas

Tratamento

Hoje existem duas opções de tratamento para a varicocele: a cirurgia aberta e a cirurgia endovascular.

Cirurgia aberta

A cirurgia aberta consiste em um corte na virilha do paciente, com ligadura das veias varicosas. Ela deve ser realizada por cirurgião experiente e, de preferência, com uso de microscópio.

Cirurgia endovascular

A cirurgia endovascular consiste em um procedimento minimamente invasivo, com a inclusão de um cateter pela virilha, braço ou pescoço do paciente, cateterizando a veia espermática. Além disso, essa veia é fechada com o auxílio de molas, alterando a drenagem de sangue do testículo para as veias saudáveis. As grandes vantagens desse tipo de procedimento são: menos dor, recuperação mais rápida e retorno mais cedo às atividades.

Independente da cirurgia, a intenção do procedimento é melhorar a quantidade e qualidade dos espermatozoides. Contudo, se o paciente apresentar atrofia testicular, nada mudará.

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

 

O cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, atende em Campinas, à Rua José Paulino, 2233 – Vila Itapura, e em São Paulo, à Rua Oscar Freire, 2250 – T9/T10.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.