varizes na gravidez

Varizes na gravidez

O cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, explica o que fazer para cuidar da circulação sanguínea

 

A gravidez é um momento único. A realização plena em gerar uma vida faz com que muitos dos conceitos anteriormente estabelecidos mudem, criando uma nova fase para a mulher. Contudo, apesar de todas as realizações, a gravidez necessita de cuidados especiais, principalmente em relação à saúde da futura mamãe. E, uma das principais preocupações das mulheres deve-se às complicações vasculares que podem aparecer ao longo da gestação, com destaque para as varizes.

Grávida com a mão na barriga.
As grávidas possuem uma maior propensão ao surgimento de varizes devido a mudanças que ocorrem no organismo da mulher.

Infelizmente, sim, as grávidas possuem uma maior propensão ao surgimento de varizes. Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas e São Paulo, esse quadro deve-se a algumas mudanças que ocorrem no organismo da mulher nesse período, como:

  • O aumento de cerca de 40% na quantidade de líquidos no corpo e a ampliação da frequência cardíaca;
  • O aumento dos níveis de progesterona em torno de 35 vezes, o que enfraquece as veias das pernas;
  • E, o aumento do tamanho do útero em quase 300 vezes para comportar o bebê, causando a compressão da passagem do sangue das pernas no retorno ao coração.
varizes na gravidez
Alguns locais são mais propensos para a formação das varizes, como as pernas.

Apesar de as mudanças ocorrerem no corpo como um todo, alguns locais são mais propensos para a formação das varizes. Dentre eles estão as pernas, a região pélvica, a vulva, vagina e próximo ao ânus (hemorroidas). Dessa forma, é essencial que a mulher fique atenta a qualquer alteração visível na pele. Além disso, é fundamental consultar um médico especialista periodicamente, se possível, antes, durante e após a gravidez, para prevenir o edema (inchaço).

LEIA TAMBÉM: Rata estéril dá à luz com ovário feito em impressora 3D

Mulheres com maior propensão

Algumas mulheres possuem maior propensão ao desenvolvimento de varizes na gravidez. São elas: obesas, sedentárias, com história familiar, com mais de duas gestações ou que apresentam um ganho de peso superior a 10 kg durante a gestação.

Dicas: Durante a gravidez

O Dr. Daniel Benitti alerta para que as grávidas tomem muito cuidado com os “conselhos” de não profissionais. “Algumas medicações e chás podem causar danos ao bebê, como a má formação, e aumentar o risco de sangramento ou trombose da placenta. Por isso, sempre procure um profissional capacitado para orientações”.

LEIA TAMBÉM: O que é Trombose?

LEIA TAMBÉM: Secagem de vasinhos

LEIA TAMBÉM: Laser varizes

Além disso, o cirurgião vascular lembra que atividades físicas intensas no início da gestação podem causar aborto. “É necessário que os exercícios sejam leves, para o fortalecimento das panturrilhas, que são o coração das pernas, e que a alimentação seja balanceada, para que não haja ganho excessivo de peso”, indica.

Em relação às vestimentas e calçados, o Dr. Daniel Benitti aconselha que a grávida use meias elásticas sempre que possível e que opte por saltos baixos, com altura entre 3 e 5 cm. “Diferentemente do que muitas mulheres acreditam, os sapatos planos pioram a circulação das pernas”, adverte.

Veja a entrevista que o Dr. Daniel Benitti forneceu ao programa Domingo Espetacular sobre cuidados na gravidez.

 

Dicas: Após a gravidez

Caso ocorra o surgimento de varizes durante a gestação, é imprescindível que a mulher procure um profissional capacitado. Segundo o Dr. Daniel Benitti, o ideal é aguardar o período de amamentação para poder realizar o tratamento. “Hoje temos cremes que auxiliam no cansaço das pernas e diminuem o edema, sem correr o risco de passar pelo leite materno e causar algum dano para o bebê”.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Saiba mais em www.ocirurgiaovascular.com.br.

Gostou do artigo? Então deixe o seu comentário abaixo! 🙂

seta-png seta-png seta-png

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.