calcio-vitaminas-beneficios-para-a-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular

Você está tomando cálcio, vitamina A ou vitamina D? Saiba os riscos de doses altas!

 

calcio-vitaminas-beneficios-para-a-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular
Altas doses de suplementos vitamínicos e minerais podem acarretar problemas de saúde.

 

Suplementos de vitaminas e minerais são uma coisa boa, inclusive, hoje o mercado do setor já superou as vendas das medicações. Mais da metade dos brasileiros tomam algum tipo de suplemento. Contudo, vale  lembrar que muito de uma coisa boa pode anular quaisquer benefícios para a saúde e até mesmo representar riscos.

Confira abaixo alguns riscos à saúde que o consumo de doses altas de cálcio, vitamina A e vitamina D podem causar:

1.Cálcio

calcio-beneficios-para-a-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular

O cálcio desempenha um papel fundamental na construção e manutenção de ossos saudáveis. Os benefícios também podem incluir perda de peso e redução do risco de câncer de cólon. Por décadas, os especialistas recomendaram suplementos de cálcio para prevenir a osteoporose, que é responsável pelas fraturas que fazem com que muitos idosos percam a independência e, às vezes, suas vidas. Para se ter ideia, antes da pandemia, o número de mortes por quedas já havia ultrapassado o número de homicídios no estado de São Paulo.

“No entanto, um número crescente de evidências mostram riscos aumentados de ataque cardíaco e derrame cerebral entre homens e mulheres que tomam cálcio de 1.000 a 1.200 miligramas (mg) por dia, o que era recomendado anteriormente. Provavelmente, sem vitamina D, magnésio, vitamina K2 adequados para ajudar a absorvê-lo e direcioná-lo, o cálcio extra se instala nas artérias em vez de nos ossos. Lá, ajuda a formar placas que ameaçam o coração e o cérebro. O excesso de cálcio também pode causar dores musculares, distúrbios de humor, dores abdominais e pedras nos rins”, alerta o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular que atende em São Paulo, Campinas e a distância.

O ideal é obter a maior parte do cálcio dos alimentos, pois o corpo absorve e utiliza melhor o cálcio dos alimentos do que dos suplementos.

Se você não é sensível a laticínios, uma boa fonte de cálcio é o iogurte grego orgânico, alimentado com capim. Fornece 450 mg de cálcio por porção, além de vitamina D e proteína. Duas porções atendem às necessidades de cálcio para um dia inteiro.

Fontes adicionais de cálcio altamente absorvíveis incluem:

  • Vegetais com folhas verdes, como espinafre e couve.
  • Leguminosas e feijão.
  • Sardinha.
  • Alimentos fortificados, como leite de soja e amêndoa, suco de laranja.
  • Salmão com ossos moles.
  • Sementes de Sésamo.

Frequentemente, não é suficiente obter a ingestão adequada de cálcio para a saúde óssea ideal, mas também é preciso prevenir a perda de cálcio do corpo. Para isso, não se esqueça do seguinte:

  • Evite a ingestão excessiva de sódio (sal).
  • Evite fumar.
  • Faça atividade física.
  • Obtenha uma parte significativa de sua ingestão dietética de cálcio a partir de alimentos vegetais.

2.Vitamina D

vitamina-d-beneficios-para-a-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel que promove a absorção de cálcio, regula o crescimento ósseo e desempenha um papel importante na função imunológica. Ela funciona em conjunto com o cálcio para fortalecer os ossos. Além disso, pesquisas sugerem que ela melhora a asma e a depressão. A vitamina D também fortalece o sistema imunológico e pode melhorar o humor e dar uma sensação geral de bem-estar.

“Sua pele fabrica a vitamina D após a exposição aos raios ultravioleta do sol. Mas, somos uma sociedade fechada e cada vez mais nos expomos menos ao sol e, quando estamos expostos, usamos roupas e protetor solar. Por isso, a deficiência de vitamina D virou uma pandemia”, adverte o Dr. Daniel Benitti.

A maioria dos médicos recomenda suplementos de vitamina D para elevar os níveis sanguíneos a pelo menos 30 ng / mL. Estudos anteriores sugeriram melhores benefícios quando os níveis de vitamina D estão próximos de 50 ng / mL. Estudos mais recentes questionam os benefícios dos suplementos de vitamina D para a prevenção e sobrevivência de doenças, principalmente cardiovasculares. No entanto, é muito comum uma melhora significativa na dor, no humor e na qualidade de vida dos pacientes com a suplementação de vitamina D.

Contudo, os níveis de vitamina D no sangue que excedem 100 ng / mL podem ser perigosos. A vitamina D extra desencadeia uma absorção a mais de cálcio, o que pode causar dores musculares, distúrbios de humor, dor abdominal e pedras nos rins. Também pode aumentar o risco de ataque cardíaco e derrame.

A maioria dos estudos mostra que a vitamina D3 é mais eficaz do que a vitamina D2 no aumento dos níveis sanguíneos de calcifediol, a principal forma circulante de vitamina D.

Recomendamos começar com um simples exame de sangue para determinar os seus níveis de 25-hidroxivitamina D e, em seguida, prescrever suplementos de vitamina D3. Você deve consultar o seu médico a cada três meses até atingir os níveis de vitamina D no sangue estáveis. Isso geralmente leva de seis a 12 meses. Depois disso, check-ups todos os anos ou a cada dois anos estão bem.

3.Vitamina A

vitamina-a-beneficios-para-a-saude-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular

A vitamina A é importante para a saúde visual, além de contribuir para uma pele e cabelos saudáveis e aumentar a imunidade. Os sinais de deficiência incluem cegueira noturna, pele seca e escamosa ao redor dos olhos, cabelo áspero e infecções respiratórias.

LEIA TAMBÉM: Por que o seu cabelo continua caindo e as suas unhas estão quebradiças se você está tomando vitaminas e colágeno?

Vitaminas solúveis em gordura, como a vitamina A, podem levar à toxicidade, pois o corpo armazena qualquer excesso na gordura e não a excreta. Dois sinais de toxicidade pela vitamina A são dores de cabeça e erupções cutâneas.

A presença da vitamina A em tantos suplementos diferentes agrava o problema. As pessoas que tomam uma variedade de suplementos estão recebendo muito mais vitamina A do que deveriam. Não recomendamos mais do que 15.000 unidades internacionais (UI) por dia de carotenos mistos.

A melhor forma de obter vitamina A é pela ingestão de frutas e vegetais que contêm carotenóides. Além de vegetais e frutas cor de laranja – cenoura, batata doce, abóbora e mamão, você precisa de licopeno, astaxantina, zeaxantina e luteína encontrados em frutas e vegetais vermelhos e amarelo-laranja, bem como verduras, ovos, camarão e salmão. E, não se esqueça de melancia, goiaba e tomate.

É importante obter o máximo de vitaminas e nutrientes que você puder da comida. Quanto mais colorido e diverso o prato, maior a chance de você obter o máximo de nutrientes possíveis. No entanto, mudanças generalizadas nas práticas agrícolas significam um menor teor de nutrientes nas frutas e vegetais. Muitas pessoas ainda se beneficiam de ter os níveis de nutrientes avaliados e tomando um suplemento diário de alta qualidade.

LEIA TAMBÉM: Vitaminas e suplementos que ajudam o sistema imunológico

LEIA TAMBÉM: Vitaminas e suplementos que ajudam na saúde vascular

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.