Yoga: por que começar a fazer, principalmente se você tiver lipedema?

Yoga: por que começar a fazer, principalmente se você tiver lipedema?
5 (100%) 3 votes

 

yoga-beneficios-saude-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas
A respiração diafragmática, que é uma parte importante do yoga, move o líquido linfático das pernas e braços em direção ao coração. (imagem freepik)

 

O Yoga e práticas de controle da respiração são usados há milhares de anos em diversas culturas para gestão do estresse, ansiedade, depressão, dor e muitas outras patologias.

Durante muito tempo acreditou-se que isso era apenas modismo e que os benefícios não eram comprovados. Porém, verificou-se que a prática de yoga, que consiste em posturas e técnicas de respiração, realmente pode contribuir para melhorar os sintomas de depressão e ansiedade, além do lipedema.

LEIA TAMBÉM: Magra com pernas gordas? Você pode ter lipedema

LEIA TAMBÉM: Depressão é mais comum nas mulheres – de 10% a 25% irão apresentar o transtorno em algum momento da vida

LEIA TAMBÉM: Homens também têm depressão e devemos falar sobre isso!

Estudo

Pesquisadores estudaram o impacto das posturas do yoga Iyengar e da respiração coerente por meio da randomização de 32 adultos com transtorno depressivo maior a um grupo de alta dose ou a um grupo de baixa dose, com base na frequência de aulas e sessões domiciliares, durante um período de 3 meses.

Os pacientes em ambos os grupos tiveram melhora dos sintomas de depressão e ansiedade, além de apresentarem mais sentimentos positivos.

“A respiração diafragmática, que é uma parte importante do yoga, move o líquido linfático das pernas e braços em direção ao coração. O yoga linfático é uma ferramenta eficaz de gerenciamento do lipedema, tanto pela parte linfática, como no controle de estresse”, explica o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em lipedema, que atende em São Paulo e em Campinas.

Dessa forma, os médicos deveriam considerar com seriedade incluir práticas mente-corpo, como yoga e respiração coerente, em suas recomendações de tratamento para pacientes.

Embora uma base crescente de evidências fundamente o uso do yoga como um tratamento eficaz para diversas patologias, poucos estudos publicados avaliam a “dose ideal” para se ter uma resposta. Por isso, este trabalho com a intervenção durante 3 meses verificou quando as pessoas começam a sentir os benefícios dessa prática.

Aumentar a quantidade total de tempo dedicado ao yoga provavelmente irá causar melhoras significativas do aumento do envolvimento positivo, revitalização e tranquilidade, bem como diminuição da exaustão física.

LEIA TAMBÉM: Interagir e ajudar as pessoas melhora a ansiedade

LEIA TAMBÉM: Alimentação adequada pode tratar a ansiedade

LEIA TAMBÉM: Saiba como transformar um dia ruim em um dia bom

Alguns estudos sugerem que o yoga aumenta um neurotransmissor chamado GABA, que fica baixo em pessoas com ansiedade, depressão, crise de pânico, estresse pós-traumático e estresse prolongado.

Os remédios tarja preta, como o rivotril, aumentam o GABA, mas causam dependência. Por isso, esse achado abre portas para o uso do yoga nestes distúrbios, uma vez que o GABA é necessário para inibir ou reduzir a hiperatividade da amígdala que ocorre em transtornos de ansiedade.

Dessa forma, percebe-se que o yoga está deixando de ser modismo para virar uma ferramenta importante e eficiente de tratamento.

“Hoje temos a tecnologia para explorar como essas práticas ancestrais afetam a mente e as emoções. Quanto mais entendermos os numerosos mecanismos envolvidos nesses efeitos, mais seremos capazes de desenvolver terapias mente-corpo eficazes para melhorar o tratamento do paciente”, complementa o Dr. Daniel Benitti.

E você? Já pensou em começar a praticar yoga?

Namastê

LEIA TAMBÉM: Por que ter um médico de confiança?

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.