5 dicas essenciais para comer melhor

5 dicas essenciais para comer melhor
5 (100%) 2 votes

 

Não deixe alterações emocionais estragarem o seu hábito alimentar!

 

5-dicas-para-voce-comer-melhor-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas-sao-paulo-sp-2
Comer compulsivamente para melhorar alguma situação que está fazendo você sofrer, além de não resolver o problema, irá fazer com que você se senta pior depois. (imagem: Freepik)

 

Você fica na frente da geladeira pensando sobre algo que aconteceu no trabalho e procura um pote de sorvete para acalmar os seus sentimentos? Ou senta-se no sofá, liga a televisão e come um pacote de salgadinhos após uma briga com a pessoa amada? Essas são características de uma alimentação emocional.

Segundo o cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em São Paulo e em Campinas, muitas emoções negativas, incluindo raiva e tristeza, podem desencadear hábitos alimentares ruins. “Comer compulsivamente para melhorar alguma situação que está fazendo você sofrer, além de não resolver o problema, irá fazer com que você se senta pior depois, pois ganhará peso desnecessariamente, prejudicando a sua saúde vascular”, alerta.

Felizmente, não está tudo perdido. Abaixo o Dr. Daniel Benitti fornece dicas para ajudar a garantir que as emoções não se transformem em danos para a dieta em longo prazo.

  1. Descubra a causa do problema

Um dia ruim no trabalho ou uma briga com um amigo são comuns e não podem virar um problema crônico. Ou seja, gerar estresse, raiva, depressão e outras preocupações mais sérias. Se isso se aplica a você, procure um aconselhamento médico ou psicológico para conseguir gerenciar a situação. Apesar de hoje existirem medicamentos, o ideal é praticar exercícios e mudar o estilo de vida.

  1. Pergunte-se: por que estou comendo?

Essa simples pergunta pode ser feita em uma ida ao restaurante, lanchonete ou ao abrir a geladeira. Se a resposta for por estar com fome, coma. Porém, em outros casos, repense. Esse questionamento irá fazer você reconhecer o motivo de estar comendo e ajudará a decidir por uma alternativa alimentar melhor ou simplesmente impedirá com que coma apenas por emoção.

LEIA TAMBÉM: Má alimentação está relacionada à metade das mortes por infarto, derrame e diabetes

LEIA TAMBÉM: Pular o café da manhã aumenta o risco de doença cardiovascular

LEIA TAMBÉM: 10 dicas para cuidar da sua saúde vascular

LEIA TAMBÉM: 5 dicas sobre consumir álcool sem afetar a saúde

  1. Fuja dos doces

Eles aumentam muito os níveis de açúcar no sangue, podendo causar diabetes em longo prazo. Mantenha algumas frutas sempre por perto, pois elas irão ajudar a saciar a vontade por doces sem causar malefícios para a saúde.

  1. Escolha alimentos que combatem o estresse

Você já se perguntou por que as pessoas oferecem um chazinho em situações difíceis? O chá verde e o branco contêm um aminoácido chamado L-teanina que pode ajudar a reduzir os níveis de estresse por ser um potente antioxidante.

Cerejas à noite também ajudam a aumentar os níveis naturais de melatonina que melhora a qualidade do sono. Da mesma forma, salmão e outros peixes ricos em ômega-3 podem ajudar não só com o sono, mas também com a prevenção da depressão.

A lista continua com outros alimentos que auxiliam na manutenção de uma mente saudável:

  • Chocolate escuro (pelo menos 70% de cacau);
  • Grãos integrais;
  • Nozes;
  • Legumes, frutas e vegetais.
  1. Faça pacotes de emergência

O início não vai ser fácil: prepare-se para momentos difíceis. Por isso, não deixe nenhum pacote de doce ou salgadinho em casa, afinal abri-lo em uma situação emocional significa comê-lo. Deixe preparado um kit de emergência com pipoca, nozes, frutas ou vegetais pré-cortados para consumo imediato. Guarde em um zip ou pote e deixe em um local de fácil acesso. Isso irá impedir que em momentos de maior dificuldade você escape do seu objetivo.

Gostou dessas informações? Compartilhe!

LEIA TAMBÉM: A importância do check-up vascular

LEIA TAMBÉM: O que o angiologista e cirurgião vascular trata?

LEIA TAMBÉM: O que esperar de uma consulta vascular?

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.