Tudo o que você precisa saber sobre a escleroterapia ou ‘secagem de vasinhos’

Tudo o que você precisa saber sobre a escleroterapia ou ‘secagem de vasinhos’
5 (100%) 3 votes

 

escleroterapia-secagem-de-vasinhos-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-campinas
A escleroterapia é pouco dolorosa quando realizada com agulhas bem finas e afiadas e por um cirurgião vascular experiente e com precisão nas mãos e nos olhos. (imagem vivomaissaudavel)

 

A escleroterapia, popularmente conhecida como aplicação ou secagem de vasinhos, é um tratamento para eliminar as teleangectasias (vasinhos). Para isso, são realizadas injeções de uma substância química através de agulhas bem finas nos locais afetados.

LEIA TAMBÉM: Laser para varizes e vasinhos

O tratamento, na maior parte dos pacientes, tem objetivo estético e é uma excelente opção para casos iniciais. Além disso, o procedimento é pouco doloroso quando feito com agulhas bem finas e afiadas e por um cirurgião vascular experiente e com precisão nas mãos e nos olhos.

Para se obter um bom resultado são necessárias algumas sessões, contudo, alguns pacientes já apresentam melhoras em uma única aplicação. A quantidade e o intervalo entre as sessões são definidos pelo cirurgião vascular, conforme a necessidade, características e tipo de pele de cada paciente.

LEIA TAMBÉM: Mitos e verdades sobre as varizes

LEIA TAMBÉM: Perguntas frequentes sobre varizes

LEIA TAMBÉM: Por que as varizes vão além da questão estética?

LEIA TAMBÉM: Laser varizes

Orientações pré-escleroterapia:

  • Não requer nenhum preparo especial. Dispensa jejum, repouso e exames de sangue;
  • Não usar cremes e hidratantes antes da sessão. Isso deixa a pele mais oleosa e dificulta a fixação dos curativos;
  • Em geral cada sessão dura em torno de 20 minutos.

Orientações pós escleroterapia:

  • O tratamento não exige repouso após a aplicação e possibilita o retorno ao trabalho e às atividades de rotina;
  • O ideal é aguardar 24h para realizar atividade física após o tratamento;
  • A exposição ao sol é permitida apenas 07 (sete) dias após a sessão. Isso evita a formação de manchas escuras na pele;
  • Não é necessário o uso de meias ou faixas elásticas após o tratamento.

Efeitos colaterais esperados:

  • Pequenos hematomas são normais após a sessão e irão desaparecer;
  • Alguns coágulos podem se formar dentro das veias que foram aplicadas e o ideal é esvaziá-los na sessão seguinte para que haja uma absorção mais rápida.

O tratamento NÃO pode ser realizado em:

  • Gestantes;
  • Pacientes que estejam amamentando;
  • Paciente com infecção de pele nas pernas;
  • Pacientes em uso de anticoagulantes.

LEIA TAMBÉM: Varizes na gravidez

LEIA TAMBÉM: Varizes pélvicas

 

Cirurgião vascular Dr. Daniel Benitti, que atende em Campinas, à Rua José Paulino, 2233 – Vila Itapura, e em São Paulo, à Rua Oscar Freire, 2250 – T9/T10.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

 

 

Sobre o Autor: Dr. Daniel Benitti

Médico formado pala Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), com Residência em Cirurgia Geral e em Cirurgia Vascular e Endovascular no Hospital das Clínicas da USP. veja mais aqui

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.